sporting cp cabeçalho 1

Fiquei feliz quando vi três campeões da Europa a entrar no relvado de Alvalade para serem apresentados. Vi um desses três disponibilizar-se para jogar mesmo estando ainda de férias – como é bom termos profissionais que vivem o clube desta maneira! – mas parece que foram poucos os que deram importância a isto, até porque afinal somos humanos e gostamos de dar ênfase ao negativo das coisas, ainda que possa nem haver motivo para isso.

É que um dos campeões europeus não se apresentou, porque não tinha que o fazer, ou porque logisticamente era impossível, ou até mesmo porque estivesse a tratar de assuntos seus. Está de férias; pode fazê-lo.

A verdade é que, no meio de bons exemplos, o que ficou foi que um não se apresentou. E houve até sportinguistas que criticaram a atitude dos que apareceram, porque deu mais relevo ao que não pôde comparecer, ou criticaram a direcção porque não deveria ter deixado entrar nenhum para que não se levantasse a polémica.

Então vamos rejeitar a vontade de três profissionais em representar o Sporting só porque outro não o pode fazer?

Anúncio Publicitário

E depois quem levantou a polémica?  Foi alguém do Sporting ou foram os jornalistas?

As (merecidas) férias de João Mário enriqueceram os bolsos dos jornais desportivos Fonte: Sporting CP
As (merecidas) férias de João Mário enriqueceram os bolsos dos jornais desportivos
Fonte: Sporting CP

As polémicas só o são se alguém lhes der mais importância do que a devida e, neste caso, se não houvesse sportinguistas a preferir olhar para o mau em vez do bom, ou que simplesmente gostam de ter algo que lhes dê motivo para “desancar” quem quer que seja, a polémica deixava de ser mesmo antes de o ser.

Por mim, o que ficou foi o facto de ter visto o melhor guarda-redes do europeu apresentar-se e disponibilizar-se para jogar pelo seu Sporting mesmo estando no seu merecido período de descanso. Ficou também o facto de ver dois grandes médios da nossa formação, também campeões europeus, um deles com os filhos, entrarem em campo. E fica também o facto de o nosso quarto campeão europeu ter sido apresentado como jogador para a nova época, e até prova em contrário, até porque se apresentou na academia, continua nosso (o pai veio desmentir problemas com o Sporting, o que neste caso não foi relevado pelos canais noticiosos como foi quando o mesmo vinha exigir melhorias contratuais. Em vez disso foram procurar o agente para “arrancarem” mais assunto).