Anterior1 de 3Próximo

sporting cp cabeçalho 1O Sporting Clube de Portugal é, sem sombra de dúvidas, o clube que mais tem apostado nas modalidades ditas amadoras ao longo dos tempos, e com isso tem tirado os dividendos de ganhar vários títulos, e medalhas.

É um facto indesmentível, e que não pode ser branqueado pelo menor fulgor dos últimos anos, apesar das últimas vitórias europeias de Andebol e Hóquei em Patins.

Esse menor fulgor deve-se ao facto de outros clubes estarem agora também a apostar nas modalidades, criando-se uma maior competitividade, mas também ao facto de, em anos anteriores a esta direcção, termos desinvestido na vertente ecléctica do clube, o que permitiu que os adversários tivessem tempo de nos “apanhar” em termos qualitativos.

Nos últimos anos, a aposta tem sido grande, o investimento também, mas o mal está feito e será preciso tempo para recuperar os índices de glória de outros tempos.

É necessário tempo aliado a competência para que se formem equipas com espirito vencedor, que lutem até ao último segundo.

Para se conseguir isso, tempos que adquirir/formar os melhores jogadores, e contar com os conhecimentos técnicos dos melhores treinadores e directores em todas as vertentes.

O investimento financeiro ajuda a conseguir os recursos humanos que se considerem ter mais qualidade para a ideia de jogo e os valores que uma equipa segue, no entanto, como em qualquer empresa, um empregado pode ter o “jeito”/talento e não ter esses valores, o profissionalismo, a fidelidade à empresa que o emprega.

O trabalho promovido por toda a secção do Futsal do Sporting é um exemplo para todas as modalidades Fonte: Sporting CP
O trabalho promovido por toda a secção do Futsal do Sporting é um exemplo para todas as modalidades
Fonte: Sporting CP

Nem sempre o talento é suficiente. São necessárias também características como a honestidade, fidelidade, profissionalismo, dedicação. E por isso, nem sempre os grupos recheados dos melhores jogadores, conduzidos pelos melhores treinadores, formam a melhor equipa.

Poderia falar de muitas modalidades, ou de todas, mas vou exemplificar com três das mais mediáticas (retirando o atletismo, que apesar de importante tem sido esquecido, até pela própria comunicação social) que são, o Andebol, o Hóquei em Patins, e o Futsal.

Quanto ao Andebol, poderíamos dizer que este ano teríamos mais possibilidades de ganhar porque temos melhores jogadores, um treinador mais conceituado, no entanto foi no ano passado que conseguimos lutar por todas as competições até ao último fôlego. Este ano já não temos possibilidade de ganhar nenhuma competição, não tendo sequer possibilidade de competir em qualquer final.

Anterior1 de 3Próximo

Comentários