Anterior1 de 4Próximo

Noite chuvosa na Mata Real, onde o FC Paços de Ferreira recebeu o Sporting CP, em jogo a contar para a 9.ª jornada do campeonato nacional.

Os castores vinham de um empate precisamente em casa diante do Rio Ave FC, no qual jogaram cara a cara com os vila-condenses, crónicos candidatos aos lugares europeus. Já os leões chegaram a Paços de Ferreira com a moral em alta, depois de uma vitória difícil em Alvalade diante do sempre difícil Vitória SC, por 3 bolas a 1. De destacar a titularidade de Ristovski, que já não jogava desde o dia 11 de maio pelos lisboetas.

O Sporting entrou com perigo, com uma investida de Bruno Fernandes pela esquerda, mas sem a conclusão pretendida.

Aos 10′ surgiu o primeiro golo da partida e foi para o Sporting CP. Bruno Fernandes, com a classe habitual, segurou a bola, olhou, descobriu Luiz Phellype e fez um passe com conta, peso e medida para o avançado brasileiro finalizar. Estava desfeito o nulo no marcador.

Anúncio Publicitário

O Sporting tentava ampliar a vantagem, mas o Paços mostrava-se combativo e intenso em cada duelo. Assim chegou o encontro ao intervalo, com muita luta entre as duas equipas mas sem grandes oportunidades para qualquer uma das formações mexer no marcador.

Ristovski atuou pela primeira vez esta época, depois de ter feito o seu último jogo pelos leões a 11 de maio
Fonte: Sporting CP

O Paços veio com muito fulgor do balneário e Bruno Santos, logo no segundo minuto de jogo, podia ter empatado a partida, não fosse uma grande defesa de Renan.

O ritmo mantinha-se estranhamente alto, com sprints constantes de ambos os lados, e os treinadores mexiam para ganhar, colocando suplentes para o último terço do campo.

O Paços vinha forçando e encostando o Sporting neste segundo tempo, contrariamente à primeira, chegando mesmo ao golo. Num canto batido à direita por Bruno Teles, Douglas Tanque elevou-se mais alto que todos os outros jogadores e cabeceou para o fundo da baliza de Renan, restabelecendo a igualdade.

Depois de uma primeira parte em que o Sporting não arredou pé do meio-campo adversário, deixou-se dominar pelos castores na segunda parte e acabou por sofrer o golo do empate de bola parada.

Aos 77′, Bruno Fernandes bateu um livre à esquerda do ataque leonino, a bola embateu na mão do defesa pacense que estava colocado na barreira e Rui Costa apontou para a marca de grande penalidade. O mesmo Bruno Fernandes, suspeito do costume, marcou e deu nova vantagem aos leões.

O Paços de Ferreira voltou a cair em cima do Sporting, mas os sportinguistas aguentaram a pressão e saíram da Mata Real com três pontos, para os quais tiveram de suar bastante, principalmente no segundo tempo.

ONZES INICIAIS E SUBSTITUIÇÕES:

Sporting CP: Renan; Ristovski, Coates, Mathieu, Acuña (87′ Ilori); Eduardo, Doumbia, Bruno Fernandes, Vietto; Luiz Phellype ( 81′ Borja), Jesé ( 64′ Bolasie)

FC Paços de Ferreira: Ricardo Ribeiro; Bruno Santos, Bruno Teles, André Micael, Oleg ; Murilo ( 81′ Dadashov), Diaby ( 52′ Tanque), Pedrinho, Luiz Carlos ; Hélder Ferreira ( 64′ Uilton), Welthon

Anterior1 de 4Próximo

Comentários