Com o decorrer da época, Pedro Porro, Bruno Tabata e Pedro Gonçalves são os jogadores contratados que, efetivamente, podem dar um retorno desportivo e financeiro ao clube: . Antes de mais, devo dizer que os reforços desta época estão a surpreender pela positiva: nos anos passados, a maioria dos reforços não singraram com a camisola verde e branca, mas esta tendência inverteu-se este ano através da entrada de jogadores com muita qualidade que estão a contribuir para o aparente sucesso desportivo do Sporting CP.

No entanto, na época em que os jogadores contratados se estão a adaptar melhor ao clube, o Sporting CP, por motivos financeiros, não conseguiu garantir a totalidade de vários passes e necessitou de recorrer a alguns empréstimos. Assim, tanto Pedro Gonçalves como Pedro Porro e até Bruno Tabata são jogadores que o clube devia priorizar no que toca ao investimento do dinheiro no futebol.

Anúncio Publicitário
Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

Estes três são jogadores que, além de serem mais valias desportivas, se podem tornar em mais valias financeiras. São muito importantes para o desenvolvimento do clube de Alvalade. Pedro Gonçalves é o melhor marcador do campeonato, Pedro Porro aparenta ser um dos melhores laterais direitos que vi jogar no clube e Bruno Tabata está a começar a afirmar-se na equipa como um jogador que pode resolver jogos através dos desequilíbrios que cria.

O Sporting CP, apesar de possuir 100% do passe de Bruno Tabata e de Pedro Gonçalves (de acordo com o comunicado do SCP à CMVM), numa futura venda tem de dar 90% do valor de Bruno Tabata ao Portimonense SC e 50% do valor de Pedro Gonçalves ao FC Famalicão. Nesse mesmo relatório informa que o Sporting CP pode reduzir os 90% da futura venda de Tabata para 50% mas, mesmo assim, o clube devia procurar baixar esse valor em ambos os jogadores.

Em relação ao caso de Pedro Porro, que vem emprestado do Manchester City FC, o clube possui opção de compra que consta ser por volta dos oito milhões de euros, valor que está muito abaixo daquilo que o lateral pode vir a valer no futuro se continuar a mostrar-se ao nível que nos tem habituado.

Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

Penso que uma parte do futuro do Sporting CP em termos desportivos e financeiros está nestes jogadores pelo que, se possível, deve-se fazer um esforço para garantir maiores percentagens de venda futura e, no caso de Porro, garantir o passe do jogador em definitivo. É claro que estamos a falar de quantias elevadas de dinheiro, mas, neste caso, seria dinheiro investido em jogadores com provas dadas pelo clube que seriam um risco muito menor.

Muito sinceramente, considero que o caso mais difícil de resolver dentro dos três que abordei seja o de Pedro Porro, visto que quem está do outro lado é o Manchester City FC que, certamente, pretende que o jogador volte, mas, nesse momento, o Sporting CP tem de garantir os seus interesses e pedir dinheiro para não ativar a cláusula de compra, conseguindo algum lucro com o jogador que, ao fim dos dois anos de empréstimo, já terá dado bastante retorno desportivo!

São três casos para a atual direção pensar e resolver… quanto mais cedo melhor porque com o passar do tempo e com o desenvolvimento dos jogadores, os clubes que detêm poder sobre esses mesmos jogadores vão começar a pedir mais para os libertar e, com um Sporting CP que até aparece num artigo do prestigiado jornal espanhol ‘Marca’, o preço dos jogadores de Alvalade vai aumentar! Frederico Varandas tem de aproveitar…

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome