Isto não é para predestinados; é para profissionais…

    sporting cp cabeçalho 1

    Muito se tem falado da formação da academia Sporting e do menor fulgor que a mesma vive. É verdade que houve tempos em que só nós apostávamos na formação de jovens, mas o tempo de “vacas magras” – ou “menos gordas” – que o futebol tem passado levou alguns clubes a apostar também nos jovens das academias, tendo muitos deles tentado copiar o nosso modelo.

    O nosso modelo é dos melhores do mundo e não é por ter um ou outro ano menos bom que se pode colocar tudo em causa. Tem é que se ir inovando e melhorando sempre.

    O futebol de formação é bastante comparável ao processo de educação de um filho. Só saberemos se foi o correcto quando eles chegarem à maioridade e mostrarem a sua personalidade e a forma como põem em prática a sua educação e formação.

    Como os filhos, no futebol de formação é preciso também que eles sintam a frustração da derrota, de um não para aprenderem a responder às adversidades.

    Devemos incutir-lhes a ideia de vitória, mas nunca esquecendo que em algum momento irão perder. Têm é que corresponder  ganhando logo a seguir – ou pelo menos lutar por tentar.

    O profissionalismo e o carácter são também características que ajudam a moldar grandes jogadores e homens. E isso por vezes falta a alguns miúdos (ou aos seu tutores) que tentam crescer mais depressa. E dar um passo maior que a perna pode arruinar o salto. Ultimamente temos alguns casos, de jogadores que se consideravam já “os maiores do mundo”, e não tenho ouvido falar deles. Mas é também uma forma de crescer e aprender. Podem é já não ir a tempo de emendar a mão e poderem ter o êxito que teriam com outro tipo de evolução.

    A Academia de Alcochete já deu algumas alegrias aos Sportinguistas Fonte: Instagram Oficial de Matheus Pereira
    A Academia de Alcochete já deu algumas alegrias aos Sportinguistas
    Fonte: Instagram Oficial de Matheus Pereira

    Ser campeão é também saber ganhar e perder. Temos é que ganhar muitas vezes e perder poucas. E é isso que tem acontecido.

    Continuamos a ter a melhor formação, porque ainda é a que ganha mais, a que erra menos no recrutamento e o que tem associados mais bolas de ouro. Ou seja, tem um passado de exito, mas tem também um presente e certamente um futuro.

    A nossa academia tem associada a si dois jogadores que ganharam a bola de ouro, mesmo competindo contra jogadores de enorme talento. Isso aconteceu porque trabalharam e se dedicaram ao seu trabalho. No fundo, são verdadeiros profissionais e isso também advém de uma boa formação de atletas e homens.

    O mesmo está a passar-se com os jogadores do presente, como Rui Patrício, William Carvalho, Adrien Silva, João Mário. Jogadores que são referências da equipa principal do Sporting, ajudando a apresentar um dos “futebóis” mais bem jogados que equipas do Sporting já alguma vez apresentaram.

    Para o futuro mais próximo temos ainda Gelson Martins, Matheus Pereira, Iuri Medeiros, Palhinha, Rúben Semedo e Esgaio, assim como alguns que podem subir da equipa B e demonstrar qualidade para poder evoluir para a equipa principal.

    - Advertisement -

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Arouca no ataque por jogador do Valencia

    O Arouca está interessado em Pablo Gozálbez, médio do...

    FC Porto: José Tavares é o novo diretor da formação

    O FC Porto anunciou esta quarta-feira o regresso de...

    Benfica anuncia renovação de Filipa Patão até 2027

    O Benfica anunciou esta quarta-feira que chegou a um...

    AS Roma interessada em agarrar craque da Juventus

    A AS Roma está preocupada em reforçar a linha...

    Newcastle faz proposta de 20 milhões de euros por avançado do Barcelona

    O Newcastle mostrou interesse numa possível contratação de Ferran...
    Nuno Almeida
    Nuno Almeidahttp://www.bolanarede.pt
    Nascido no seio de uma família adepta de um clube rival, criou ligação ao Sporting através de amigos. Ainda que de um meio rural, onde era muito difícil ver jogos ao vivo do clube de coração, e em tempos de menos pujança futebolística, a vontade de ser Sporting foi crescendo, passando a defender com garras e dentes o Sporting Clube de Portugal.