Anterior1 de 3Próximo

sporting cp cabeçalho 1

Começo este texto por dizer que não gosto de Jorge Jesus. E, se o agora treinador do Sporting, porque acho que este clube o quer efectivamente como treinador, estiver a ler isto, peço desde já desculpa, mas tenho direito à minha opinião.

Para mim, Jorge Jesus não se enquadra minimamente neste contexto em que vive a população portuguesa, do politicamente correcto, do “Sr. Doutor” para qualquer licenciado ou qualquer senhor de gravata que te apareça à frente.

O homem tem um ego que não o deixa ver para além do espelho lá de casa, e para ajudar ainda tenta rebaixar os seus colegas de profissão. A culpa não é só dele, porque os jornalistas o conhecem e conseguem encaminhar o seu discurso para onde mais gostam de o ouvir, mas ele também já deveria saber responder unicamente com conhecimento de todos os factos que lhe descrevem os supostos profissionais de “informação”.

Como já disse, nunca gostei e continuo a não gostar da personalidade de Jorge Jesus.

Um treinador de sonho na sua "cadeira de sonho" Fonte: Sporting CP
Um treinador de sonho na sua “cadeira de sonho”
Fonte: Sporting CP

Já pedi desculpa por estar a exteriorizar esta minha opinião, mas se calhar nem precisava, porque para ele isso é “piners” e pouco lhe importa o que os outros pensam, muito menos eu.

Mas, pensando bem, eu nem preciso de gostar dele pelo seu lado humano; preciso, sim, de gostar da qualidade dele como profissional.

Quanto ao profissionalismo, nunca gostei dele até há um ano atrás, porque ele insistia em ganhar jogos, principalmente ao Sporting. Mas vindo mais atrás, porque fez um bom trabalho em Belém, voltou a repeti-lo em Braga, e mais recentemente em São Domingos de Benfica até colocou uma equipa a jogar e ganhar onde até ali só havia uns jogadores que uma vez ou outra lá se lembravam de fazer umas graças com a bola (acho que até ajudou a valente estrutura a ganhar uns títulos. Estrutura que até ali, em termos de títulos, valia pouco mais que “bola”).

Anterior1 de 3Próximo

Comentários