sporting cp cabeçalho 1

O Sporting voltou este sábado a Alvalade para inaugurar o novo relvado e fazer a apresentação do plantel aos sócios.

Foi precisamente em relação ao grupo de trabalho que surgiram as primeiras novidades, boas e más, do dia. Jorge Jesus garantiu a presença de Iuri Medeiros, Daniel Podence e João Palhinha na equipa durante a próxima temporada. É sempre bom verificar que o técnico confia na formação do clube e vai trabalhar com mais estes três jovens de elevado potencial formados em Alcochete. Pelo contrário, verificou-se também a ausência de João Mário. Vamos ver no que ainda vai dar esta novela, uma vez que a justificação apresentada pelo clube, “um contratempo de última hora”, não convenceu minimamente os adeptos.

No que toca ao jogo frente ao Lyon, viu-se uma melhor cara do leão, depois da pálida imagem deixada no estágio da Suíça. Marvin Zeegelaar continuou a apresentar algumas falhas, mas Petrovic já mostrou que poderá ser um elemento importante em jogos onde o Sporting tenha maiores preocupações em fechar o seu meio campo. Na frente, Alan Ruiz mostra que tem credenciais para ser uma das figuras da temporada leonina, podendo assumir a vaga que será deixada em aberto pela mais que provável saída de Teo Gutiérrez.

Rui Patrício foi uma das "vitórias" da noite em Alvalade Fonte: Sporting CP
Rui Patrício foi uma das “vitórias” da noite em Alvalade
Fonte: Sporting CP

O Sporting até se apresentou em bom plano, com mais oportunidades de golo que os franceses, incluindo duas bolas de Barcos e Naldo que bateram no ferro da baliza de Gorgelin. Contudo, a vitória sorriu aos franceses, num golo de Lacazette, em lance onde Coates e Rúben Semedo podiam ter ficado melhor na fotografia, pois chegaram atrasados aos momentos decisivos da jogada.

Anúncio Publicitário

De resto, ficaram mais coisas a reter a propósito da partida. Fiquei desapontado pela não utilização de Paulo Oliveira, pois na segunda parte foram Naldo e Ewerton os centrais que entraram em campo. Parece-me que o internacional português merecia mais oportunidades e até lutar pela titularidade com Rúben Semedo. O Sporting fará um grande erro se o dispensar. Na frente, penso que Podence e Iuri serão mais duas alternativas válidas, a acrescentar às já existentes.