milnovezeroseis

Caro leitor,

À passagem da oitava jornada começa a ser exequível realizar as primeiras análises do que foi a temporada até este ponto. Com, praticamente, três meses de campeonato jogados, já foi possível assistir a golos memoráveis, jogos electrizantes e arbitragens gritantes. Mas é igualmente factível fazer um balanço da perfomance de cada equipa, apontando quais poderão figurar no lote de possíveis vencedores.

No rescaldo da derrota no Dragão, o discurso tido face ao Sporting mudou de rumo. Os leões abandonaram o estado de graça e colocaram os pés na terra, no dizer da maior parte da imprensa especializada. Demagogias de quem não parou um momento que fosse para fazer uma análise justa da época leonina até ao momento.

O Sporting tem vindo a surpreender pela positiva nestes meses de competição iniciais. Com oito jornadas jogadas, o Sporting ocupa o terceiro lugar da tabela – em igualdade pontual com o Benfica. Com oito jornadas jogadas, o Sporting já jogou contra Porto, Benfica e Braga, tendo feito 5 pontos em 10 possíveis. Com oito jornadas jogadas, o Sporting já se deslocou aos redutos de Braga e Porto. Com oito jornadas, o Sporting tem nas suas fileiras o melhor marcador da Liga Portuguesa, com 9 golos apontados.

Anúncio Publicitário

No que toca à Taça de Portugal, a posição leonina é, igualmente, prometedora. No único jogo realizado até ao momento, os leões cilindraram o modesto Alba, fixando o placard em 8-1. Na próxima ronda teremos um escaldante Benfica-Sporting que deixará pelo caminho um “mítico” da prova rainha do futebol português.

Com efeito, o Sporting está a realizar, até ao momento, uma época dentro das expectativas que gerou. No campeonato nacional, o objectivo passa por garantir a presença na Liga dos Campeões do próximo ano e está numa posição que garante a qualificação. Já na Taça de Portugal, apesar da imprevisibilidade da competição, erguer a Taça é a palavra de honra.

Uma coisa é certa, se o Sporting mantiver os níveis de qualidade até agora apresentados, os propósitos leoninos iniciais podem ser largamente ultrapassados! Oxalá.

Artigo anteriorSeleccionador nacional “despedido” dá lugar a Nuno Marques
Próximo artigoSupertaça de Corfebol
O Pedro vem do Algarve e vê futebol desde que se lembra. Sportinguista vindo de uma família benfiquista, assume-se como sonhador e um confesso "bruno-carvalhista".                                                                                                                                                 O Pedro não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.