Numa entrevista ao jornal Record, Nani deixou bem clara a vontade que tem em terminar a sua carreira no Sporting CP. O atleta formado em Alcochete já teve três passagens pela formação principal verde e branca, mas ainda assim, mais uma vez, transparece todo o carinho que tem pelo clube onde cresceu.

O internacional português estreou-se no mais alto patamar do futebol português na época 2005/2006. Dois anos depois, mudou-se para o Manchester United, clube onde apresentou a sua melhor forma. Na temporada 2014/2015, voltou por empréstimo do Manchester United e foi um dos jogadores mais importantes da equipa. A sua última passagem por Alvalade verificou-se em 2018/2019, onde esteve sete meses antes de sair para os Estados Unidos da América.

É sempre bom ver atletas que já não fazem parte dos quadros leoninos demonstrarem o sentimento que nutrem quando veem jogar os rapazes de verde e branco. Nani afirma que viveu com muita emoção a conquista do 23.º campeonato nacional do Sporting CP, e que espera vir a ter a oportunidade de vencer o principal título do futebol português ao serviço dos leões.

Anúncio Publicitário

Nani tem 34 anos de idade. Embora já não possua a velocidade explosiva e a rapidez de execução de outros tempos, penso que seria um bom reforço desportivo, e uma excelente adição para o balneário. Tal como João Pereira, Antunes e Luís Neto, elementos mais velhos são muito importantes para o crescimento dos mais novos. Nani nunca seria um titular indiscutível, mas poderia contribuir em determinados momentos do jogo.

Olhando para o plantel que Ruben Amorim tem à disposição, existem algumas opções para a posição de extremo interior. Pedro Gonçalves e Nuno Santos foram aqueles que mais vezes foram titulares, mas surgem também nomes como Tabata, Gonzalo Plata e Jovane Cabral. Tendo em conta que poderá existir a ascensão de Joelson Fernandes na próxima temporada, Nani poderia ser a voz da experiência para este conjunto de jogadores tão jovens, tanto na parte desportiva, como no sentimento daquilo que é ser um verdadeiro leão.

Sinceramente, não acho que o regresso de Nani a Alvalade seja muito provável. Para além do fator idade, também o salário que aufere nos EUA pode impossibilitar o seu fim de carreira no Sporting CP. Ainda assim, se o jogador estivesse disposto a aceitar um rendimento acessível ao clube, concordaria a 100% com a sua vinda. Seria um final de carreira muito especial, e, quem sabe, uma porta para integrar a estrutura leonina no futuro.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome