logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

O silêncio do grande | Sporting CP

Em primeiro lugar, como acredito que este será um artigo que tenha várias interpretações variantes daquela que eu quero transmitir, começo por dizer que a forma como vou expor esta minha opinião não tem, de forma alguma, o intuito de dividir o universo “Sporting” – muito pelo contrário; apenas abordarei um tema que me incomodou.

 

Em segundo lugar, é de referir algo que é de conhecimento geral, mas que nunca é de mais ser relembrado. O Sporting CP é um clube grande. Tão grande como os maiores da Europa. Assim tão grande por várias razões: porque a sua história assim o dita; porque a sua massa adepta é imensa e nunca arreda pé; por todo o ecletismo; por toda a internacionalização da marca Sporting e do sentimento sportinguista; etc. Mais recentemente, as novas conquistas, sobretudo no futebol (que, quer queiramos quer não, é a modalidade mais assistida e acompanhada, por isso, consequentemente, é aquela a que se dá mais importância), permitem aos leões reforçar este estatuto de “grande”. No entanto, mesmo que a equipa de Alvalade não fosse campeã na época passada, seria sempre considerada “grande”, por todas as razões que elenquei anteriormente. Posto isto, o Sporting CP é grande e não é pelas opiniões de A, B ou C que vai deixar de o ser – ponto final.

 

Nós sabemos que na nossa #CurvaSul estão os melhores adeptos do mundo! 🙌 pic.twitter.com/0CgMIDLe3a

— Sporting Clube de Portugal 🏆 (@Sporting_CP) July 31, 2017

Agora, tenho visto várias coisas que me irritam no universo sportinguista e às quais não posso ficar indiferente, porque, como sportinguista, quero o melhor para a comunidade verde e branca e quero que seja o mais digna, transparente e “grande” (não no sentido de número de pessoas, mais sim a nível de grandeza) possível.

Custa-me ver grandes páginas de apoio ao Sporting CP em discussões constantes com os rivais nas redes sociais. Custa-me ver o nome de algo tão grandioso como o do Sporting CP arrastado em discussões que não valem um chavelho.

Nascido e criado na ilha Terceira, nascido e criado para o futebol. Desde cedo aprendeu, viveu e vibrou com o desporto rei. Com o futebol e a escrita espero proporcionar um espetáculo fora das quatro linhas para todos aqueles que partilhem o gosto pela bola e pelos seus artistas.

Nascido e criado na ilha Terceira, nascido e criado para o futebol. Desde cedo aprendeu, viveu e vibrou com o desporto rei. Com o futebol e a escrita espero proporcionar um espetáculo fora das quatro linhas para todos aqueles que partilhem o gosto pela bola e pelos seus artistas.

FC PORTO vs CD TONDELA