O artigo desta semana leva-me a recordar alguns acontecimentos que não queria relembrar. Voltou a existir uma assombração em Alvalade, denominada de “Saldos”. Voltei atrás no passado e fui à procura das piores vendas da última década.

Sem rodeios e hipocrisia, posso afirmar sem qualquer problema que Bruno de Carvalho trouxe ao Sporting uma política de transferências totalmente diferente da que estávamos habituados, e isso valorizou o clube. Depois da ressaca “Godinho Lopes”, pensava-se que o Sporting CP dificilmente recuperaria.

Em menos de cinco anos, foram adquiridos jogadores com valor, potencial e/ou que valorizaram substancialmente (Slimani e João Mário são os nomes que me saltam rapidamente à memória). Há que dar mérito a quem o teve.

Embora não o inclua na lista, não tenho dúvidas de que Bruno Fernandes foi mal vendido, mas não digam nada ao Zenha. Deixem o homem pensar que “enfiou o barrete” aos ingleses. Após o carrasco de um dos piores presidentes da história (Godinho), surgiu Frederico Varandas para continuar o legado.

Anúncio Publicitário

NOTA: Nesta lista não farão parte jogadores que rescindiram e, posteriormente, que se chegou a acordo com os clubes.