spot_imgspot_img

    Sporting CP 2-1 FC Arouca: Duplo carimbo de Paulinho conduz o leão à terceira final consecutiva

    Desperdício do Sporting CP resulta em vitória (1-2) sofrida na meia-final da Taça da Liga defronte do FC Arouca.

    Ricardo Esgaio, Jeremiah St.Juste e Hidemasa Morita regressaram à titularidade em Leiria e Pedro Gonçalves ocupou a vaga deixada por Francisco Trincão na frente de ataque do Sporting CP. Rúben Amorim delineou, desta forma, a estratégia para o encontro da meia-final da Taça da Liga.

    Marcus Edwards abriu o livro em cima do minuto dez: ludibriou quase metade da equipa do FC Arouca e entregou a Nuno Santos; este, sem olhar, cruzou para a área, mas o japonês chegou tarde e Paulinho foi incapaz de aproveitar a oportunidade para inaugurar o marcador.

    O camisola 11 dos leões, na asa esquerda, demonstrava toda a sua apetência ofensiva e, volvido um quarto de hora, desferiu um remate que Thiago sacudiu para canto.

    O duelo Thiago – Nuno Santos ainda viu mais uma batalha: em cima do descanso, o ala do Sporting CP disparou um míssil na marcação de um livre direto e o guarda-redes soca a bola para canto naquela que pode ser considerada a defesa do encontro. Canto apontado, recuperação de bola para a turma de Armando Evangelista e, numa das poucas investidas de ataque do FC Arouca, Antony, numa espécie de cruzamento-remate, atirou a contar, mas o golo acabou por ser revertido quando Tiago Martins recorreu ao VAR.

    Na sequência da decisão, o árbitro marcou falta a favor do Sporting CP e os leões adiantaram-se: Nuno Santos, após atraso de Edwards, viu Coates desmarcar-se na grande área, o capitão dispôs o esférico para o miolo e Paulinho consumou a jogada coletiva.

    Esgotaram-se os primeiros 45 minutos, mas a emoção quis permanecer no relvado.

    O FC Arouca entrou na segunda metade mais esclarecido e mais conciso nas suas ações e foi com naturalidade que chegou ao empate: Alan Ruiz (58’), do lado direito e num lance a la Ricardo Quaresma, colocou a bola nos pés de Dabbagh que, na cara de Adán, não tremeu. 1-1!

    Ricardo Esgaio, mais envolvido na dinâmica atacante dos leões do que nas partidas que tinha realizado até então, tentou a sorte num remate rasteiro e colocado, mas Thiago negou-lhe a reposição da vantagem (63’).

    Pedro Porro, recém-entrado, não deu o melhor seguimento ao cruzamento milimétrico de Nuno Santos e ficou a poucos centímetros do segundo tento leonino.

    O Sporting CP crescia, outra vez, na partida.

    Ao minuto 81, Paulinho mostrou os dentes: Nuno Santos, numa jogada onde o entendimento com Matheus Reis é facilmente visível, chamou o camisola 21 ao primeiro poste e o avançado desviou a bola

    de Thiago. 1-2!

    Até ao final da partida, David Simão ainda tentou igualar a partida, mas o remate saiu fraco e ao lado da baliza (84’).

    Com a vitória, o Sporting CP marca presença na final da prova e enfrentará o vencedor do encontro entre o Académico de Viseu FC e o FC Porto, no sábado, dia 29.

    A FIGURA

    Fonte: Paulo Ladeira/Bola na Rede

    Nuno Santos – Também poderia constar Paulinho na nomeação. Contudo, o extremo do Sporting CP evidenciou-se pela maturidade, pela inteligência e pela qualidade que apresenta no seu futebol, uma vez mais.

    O FORA DE JOGO

    Matheus Reis Coates Sporting
    Fonte: Paulo Ladeira/Bola na Rede

    Desconcentração defensiva do Sporting CP – Em alguns momentos da partida, o trio de centrais leoninos revelou alguma apreensão e desconforto na abordagem de certos lances. Matheus Reis, na segunda parte, quase oferecia a reviravolta numa bandeja a Dabbagh.

    - Advertisement -
    spot_img

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Romão Rodrigues
    Romão Rodrigueshttp://www.bolanarede.pt
    Em primeira mão, a informação que considera útil: cruza pensamentos, cabeceia análises sobre futebol e tenta marcar opiniões sobre o universo que o rege. Depois, o que considera acessório: Romão Rodrigues, estudante universitário e apaixonado pelas Letras.                                                                                                                                                 O Romão escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.
    0 0 votes
    Article Rating
    Subscribe
    Notify of
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments
    Bola na Rede