Cabeçalho modalidadesTarde de sol e algum frio, mas ótima para um bom jogo de futebol: Sporting CP e SC Braga empataram hoje a zero em jogo a contar para a 13ª jornada da Liga de Futebol Feminino. Uma partida quente, por sinal, visto serem os dois primeiros classificados do campeonato. O Estádio de Alvalade abriu portas aos adeptos, com entradas gratuitas, e estes não falharam – quatro mil e seiscentos adeptos compareceram para dar apoio às “leoas”, que estão em primeiro lugar na classificação.

Na equipa leonina destacaram-se as entradas de Inês Pereira e Ana Capeta no onze inicial, em relação ao último encontro da Primeira Liga, frente ao Vilaverdense FC. Do lado minhoto, o treinador Miguel Santos efetuou cinco alterações no onze, em relação à partida com o Futebol Benfica, a contar para a Primeira Liga.

O jogo começou em grande, e com a equipa visitante a entrar a todo o gás: Edite Fernandes, de 38 anos (!), apareceu na cara de Inês Pereira e não fosse a guardiã leonina e o nulo teria sido quebrado logo ao primeiro minuto. Não demorou a resposta leonina e após um primeiro remate fraco de Diana Silva, Ana Borges, antiga jogadora do Chelsea, trabalhou bem na área e abriu espaço para a primeira grande ocasião de perigo para as leoas. Valeu a defesa de Rute Costa.

Anúncio Publicitário

A partir daqui, o primeiro tempo caiu na monotonia, num duelo mais tático a meio-campo. O remate seguinte, de resto, só apareceu para lá da meia-hora de jogo, com Ana Capeta a rematar dentro da área ao minuto 37, para mais uma grande defesa da internacional portuguesa Rute Costa. As equipas recolheram aos balneários pouco depois indo a partida para intervalo com um resultado justo.

A equipa do SC Braga entrou forte, mas as “leoas” conseguiram equilibrar durante o primeiro tempo Fonte: Bola na Rede
A equipa do SC Braga entrou forte, mas as “leoas” conseguiram equilibrar durante o primeiro tempo
Fonte: Bola na Rede

A segunda parte, porém, foi francamente mais fraca e desinspirada do que a primeira. A verdade é que estamos a falar das duas melhores equipas do campeonato, e com o SC Braga a precisar de uma vitória para encurtar distâncias, já que uma vitória leonina estabeleceria uma vantagem de oito pontos. Contudo, o segundo tempo não mostrou essa emoção: o primeiro remate surgiu ao minuto 58, com Vanessa Marques a atirar muito perto da barra.

Depois desta ocasião, com substituições de ambas as partes, entretanto, teve de se esperar vinte minutos para se ver mais ação, novamente com a equipa visitante a criar perigo na área leonina, com um remate de cabeça da central Jana a sair por cima da baliza de Inês.

A equipa da casa, de resto, só conseguiu criar verdadeiro perigo nos últimos minutos, com um livre-direto marcado de forma exemplar por Carole Costa a ser negado pela guarda-redes Rute, a melhor em campo nesta tarde para o Bola na Rede.

Sporting CP e SC Braga empatam então a zero, num jogo muito calmo e com as duas equipas à espera uma da outra. As “leoas” continuam assim na liderança, com os mesmos cinco pontos de vantagem face às bracarenses, segundas classificadas desta Liga de Futebol Feminino.