4 “remontadas” na segunda parte

Até ao momento, mais de dois terços das jornadas já se realizaram e, ao fim das mesmas, a tabela classificativa é liderada pelo FC Porto.
Fonte: Diogo Cardoso / Bola na Rede

Ir para os balneários, ao fim de quarenta e cinco minutos, e não levar a vitória no bolso não costuma ser sinónimo de FC Porto: em cerca de dois terços das ocasiões, Sérgio Conceição palestra ao intervalo sobre o conforto de uma vantagem no marcador.

Todavia, por algumas ocasiões (nove, no total), os atuais primeiros classificados não foram capazes de se superiorizar aos seus oponentes no final da primeira metade.

Dessas nove partidas, apenas em quatro delas os azuis e brancos conseguiram os três pontos.

Note-se ainda que em nenhum desses quatro encontros os dragões terminaram a primeira parte em desvantagem: das duas vezes em que saíram a perder para o descanso, frente a Marítimo e Braga, os da Invicta viriam mesmo a deixar pontos pelo caminho.

Anúncio Publicitário