o passado tambem chuta

Sporting Clube Farense, ou simplesmente Farense, é o clube mais antigo e com maior história do Algarve. Situado na cidade de Faro, vem acumulando história desde o ano de 1910, ano da sua fundação.

De uma forma muito peculiar o futebol chegou ao Algarve através dos meios marítimos. A corveta “Duque de Palmela”, que na altura era o navio que servia a armada portuguesa em Macau, ao ancorar na Ria Formosa, onde havia uma escola de marinheiros, deu-lhes a conhecer o futebol.

Apesar de já ser conhecido na Inglaterra, em Faro improvisou-se o primeiro jogo de futebol no Largo de S.Francisco. A partir daí a ideia de criar uma equipa da região tornou-se realizável. João Gralho, o impulsionador da criação do mesmo, idealizou um clube de futebol. Um clube de futebol verdadeiro, um clube com equipamentos, campo, sede, sócios, resumindo: um clube a sério!

Sendo a sua ideia divulgada, muitos jovens farenses aceitaram o desafio e fundaram, em Abril de 1910, mesmo enquanto regia uma monarquia em Portugal, o Sporting Clube Farense.

Anúncio Publicitário

A casa do Farense tinha como nome “Santo Stadium”, nome do proprietário emigrante Manuel Santo. Atualmente, o Estádio do Farense tem o nome de Estádio São Luís.

Equipa do Farense com o equipamento preto e branco em 1932/1933 Fonte: Antigas glórias do passado do futebol algarvio e alentejano
Equipa do Farense com o equipamento preto e branco em 1932/1933
Fonte: Antigas glórias do passado do futebol algarvio e alentejano

Algo que identifica os clubes são os seus equipamentos. A história por de trás do equipamento da equipa Farense é algo caricata. Sendo um grupo afiliado ao Sporting CP, as cores do equipamento seriam as mesmas, ou seja, verde e branco. No entanto, nesta altura, as fotografias eram a preto e branco. Visto que só através da fotografia tinham contato com o clube filial, a escolha das cores foi feita através da fotografia. Ora, em vez de verde ficou preto e o branco ficou branco. Assim os equipamentos da equipa farense ficaram alvinegros.

Indo ao que interessa, ao futebol, o Farense tem uma das histórias mais apaixonantes no futebol português. Muitos são aqueles que ainda recordam as terríveis visitas ao “São Luís”, nos anos 90, altura em que a equipa algarvia militava na Primeira Divisão. Este Farense permaneceu no principal escalão do futebol português dez anos consecutivos. O apogeu dessa participação alvinegra na Primeira Liga dá-se em 94/95 com o apuramento para a Taça Uefa fruto de um brilhante 5ª lugar alcançado, altura em que o mítico Paco Fortes era o treinador da equipa algarvia. Aliás, há que dizê-lo, a história do Farense na Primeira Liga está intimamente liga com a própria história do técnico espanhol, um dos poucos a ter sucesso no futebol português. Nestes anos o Farense afirmou-se como uma das melhores equipas do panorama nacional.