Olheiro BnR – Callum McManaman

    - Advertisement -

    olheiro bnr

    Numa liga recheada de extremos brilhantes como é a Barclays Premier League, existem algumas pérolas que passam despercebidas. À sombra de Walcott, Alexis, Memphis, Hazard, Willian, Sterling e muitos outros, surge Callum McManaman, um jovem inglês de 24 anos que tem demonstrado excelentes apontamentos ao serviço dos Baggies.

    Callum Henry McManaman nasceu a 25 de Abril de 1991, em Whiston, Inglaterra. Passou pelos escalões de formação do Everton FC e do Wigan Athletic FC. Ao serviço do segundo fez a sua estreia como profissional na Premier League e tornou-se no jogador do Wigan mais novo de sempre a atuar no principal escalão do futebol inglês.

    No entanto, a falta de oportunidades nos Latics levou a que fosse emprestado ao Blackpool FC, durante 3 meses. Quando regressou ao Wigan, apesar de não ser um titular indiscutível, passou a ter mais oportunidades, e demonstrou mais qualidade. Em janeiro de 2015, O West Bromwich Albion desembolsou 4,5 milhões de libras (cerca de 6 milhões de euros) para o contratar, depois de 79 jogos ao serviço do Wigan e 10 golos.

    Apesar do valor relativamente significativo, McManaman ainda não conseguiu assegurar um lugar no WBA e só no início desta época é que começou a ter mais oportunidades, mas tem demonstrado que pode acrescentar algo mais à equipa.

    O extremo inglês é um jogador à imagem da maior parte dos extremos da atualidade. Ao invés do clássico, que gosta de ir à linha cruzar, McManaman é um jogador que prefere fletir para dentro, desequilibrando as marcações e, assim, procurar espaço para o remate ou para servir os seus companheiros.

    Callum McManaman fez 10 golos ao serviço dos Latics Fonte: West Bromwich Albion FC
    Callum McManaman fez 10 golos ao serviço dos Latics
    Fonte: West Bromwich Albion FC

    É um jovem com muito boa qualidade técnica, drible e capacidade de aceleração. Gosta de duelos de um para um e é uma dor de cabeça constante para os jogadores da equipa contrária. No entanto, apesar de não ser nenhum adolescente em início de carreira, demonstra ainda alguma displicência, arrisca demasiado e prefere, na maior parte das vezes, tentar o mais difícil, ao invés de jogar simples. Esta imaturidade que ainda revela leva-o muitas vezes a perder bolas desnecessárias e a colocar a equipa em posições desconfortáveis.

    Apesar de a vertente mental ainda não estar bem apurada, é um jogador que pode crescer bastante, especialmente com Tony Pullis, que é um treinador experiente que sabe tirar o melhor proveito deste tipo de jogadores. A facilidade que McManaman demonstra para ultrapassar adversários é fabulosa.

    Com apenas dez jogos disputados pelos Baggies, ainda não marcou nenhum golo mas já tem duas assistências. Demonstra ter um bom remate e uma qualidade de passe acima da média, que adivinham que se estreie a marcar num futuro muito próximo.

    Assim, apesar das críticas que fiz aos seus atributos mentais, acredito que Callum McManaman tem potencial para se tornar num excelente jogador. Acho que é um trunfo para Tony Pullis para a luta por um lugar no Top10 e, no futuro, pode vir a ponderar voos mas altos. Para isso, precisa de aprender a trabalhar mais em prol da equipa e a decidir melhor; se o fizer, e aliando isto à qualidade que lhe é natural, pode vir a ser um jogador chave no WBA.

    Foto de Capa: West Bromwich Albion FC

    - Advertisement -
    spot_img

    Subscreve!

    Artigos Populares

    De Vrij tem um pretendente em Espanha

    O defesa Stefan de Vrij, do FC Internazionale Milano,...

    Trippier renova contrato com o Newcastle

    O lateral direito Kieran Trippier renovou o contrato que...

    5 países com um novo selecionador para 2023

    O Mundial do Qatar 2022 (e o seu apuramento)...
    Afonso Pais
    Afonso Paishttp://www.bolanarede.pt
    O interesse pelo futebol surgiu já tarde, por volta dos 11 anos, mas a paixão pelo desporto rei é enorme. Em Portugal, o seu clube do coração é o Sporting Clube de Portugal. Lá fora, e pelo enorme interesse que tem na Premier League, o Chelsea FC é a equipa que apoia, pela qual também sofre e rejubila.                                                                                                                                                 O Afonso escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.
    Bola na Rede