Anterior1 de 3

A CAMINHO DO DRAFT DE 2021

O frio do Minnesota não impossibilita o aparecimento de talento. Que o diga Jalen Suggs, um dos nomes mais badalados na classe que espera entrar na NBA durante a próxima temporada. Os ingredientes do estilo de jogo do jogador prometem cozinhar um prato que está pronto a servir para qualquer franchise da liga, mas é preciso marinar até estar no ponto certo.

Na cozinha da Universidade de Gonzaga, o guard está inserido numa das melhores equipas de chefs. Até ao momento, a formação do estado de Washington está com um recorde invencível de 17 vitórias e, claro, zero derrotas na NCAA. Apesar de jogar numa das melhores equipas do campeonato universitário, Suggs não tem problemas em brilhar.

O camisola número 1 dos Zags aufere, até dia 3 de fevereiro, médias de 13.5 pontos (51.4% de eficácia), 5.3 ressaltos e 4.5 assistências. Além das estatísticas mais vistosas, o atleta lidera o plantel de Gonzaga nos roubos de bola (2.3 por jogo) em pouco mais de 26 minutos por partida.

Anúncio Publicitário

Recuando um pouco no tempo, percebemos que Jalen Suggs está nas luzes da ribalta há bastante tempo. Durante a carreira no High School, no liceu Minnehaha, o jogador venceu variados prémios e estabeleceu-se como um dos maiores talentos americanos. Na lista final da ESPN da classe de 2020, o atleta ficou como o sexto melhor, atrás de nomes como Cade Cunningham e Jalen Green.

É importante referir que, além do basquetebol, o natural de Minnesota também deu cartas no futebol americano. Durante muitos anos, foi possível vislumbrar enumeros vídeos de momentos das duas modalidades nos highlights. Inclusive, Suggs venceu as honras de Mr. Football e Mr. Basketball do seu estado em 2019 e 2020, respetivamente.

O jovem talento recebeu bolsas de universidades para todos os gostos. Desde Michigan State, no futebol americano, até Kansas, no basquetebol. No entanto, fica o sabor amargo para a falta de ofertas dos melhores programas como Duke ou Kentucky, onde Jalen Suggs assumiu querer jogar.

Contudo, era necessário escolher um caminho. Depois de aproveitar ambos os desportos, o basquetebol acabou por captar um enorme talento para as suas fileiras. A Universidade de Gonzaga não tem equipa de futebol americano, por isso, esse sonho teve de cair por terra. É impossível não imaginar o que poderia ter sido a carreira na NFL, mas a aprendizagem com a bola oval traz ao jogador uma grande panóplia de características que o tornam único.

Numa fornada cheia de talento como a que se espera em 2021, Jalen Suggs tem um dos papéis principais da história. É difícil ser a primeira escolha no Draft, mas prepara-se para ficar pelas primeiras posições. De certeza que vai ser um dos nomes mais cobiçados, mas até lá, podemos ver Suggs na NCAA, a brilhar em Spokane.

Anterior1 de 3

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome