SITE TEMPORÁRIO

20 de Janeiro, 2022

As 10 maiores surpresas da Liga dos Campeões na última década

10.


APOEL 2011/2012 – Os cipriotas tiveram de eliminar três equipas para marcar presença na fase de grupos da competição, antes do sorteio ditar que os adversários seriam o FC Porto, o Zenit e o Shakhtar Donetsk. Conseguindo bons resultados contra essas equipas, um primeiro lugar no grupo elevou o nome do APOEL ao topo do futebol do Chipre, tornando-se no primeiro clube do país a qualificar-se para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões.

A bela história do APOEL continuou a ser positiva. O adversário seguinte foi o Lyon, que levou a melhor na primeira mão, mas em frente aos seus adeptos, a equipa de Nicósia igualou o resultado e levou a decisão para os penáltis, nos quais saíram vencedores, dando seguimento a uma brilhante caminhada europeia. Nos quartos-de-final, pouco havia a fazer, pois o adversário foi o poderoso Real Madrid, que dizimou o conjunto cipriota. No entanto, o APOEL conseguiu fazer dois golos no Santiago Bernabéu, o que por si só já é um grande feito adquirido, tendo em conta a disparidade entre os plantéis das equipas.