Cabeçalho Futebol Nacional

Os árbitros são um assunto tabu para muita gente. E a arbitragem portuguesa neste século tem sido marcada por várias polémicas, nomeadamente o Apito Dourado.

Contudo, a arbitragem portuguesa não é nem merece ser falada apenas por maus motivos. Os árbitros, tal como todos os intervenientes num jogo de futebol, são humanos e cometem erros. É impossível um árbitro acertar em todas as dezenas ou centenas de decisões que tem de tomar num jogo de futebol. Nos últimos anos, também temos tido árbitros que se notabilizaram no futebol nacional e internacional e como tal, virei aqui elaborar o meu top-10 dos melhores árbitros nacionais no século XXI.

Antes de mais, também quero informar, que este top é baseado na minha opinião, evitando polémicas e clubismos.

Menções Honrosas

Pedro Henriques: ex-árbitro da AF Lisboa, foi promovido à primeira categoria em 2002 e na sua primeira época no escalão máximo, arbitraria a final da Taça de Portugal entre o FC Porto e a UD Leiria. Arbitrou três jogos entre o Benfica e o Sporting na sua carreira, tendo sido dos árbitros nacionais mais reputados do seu tempo. Mas a ausência de jogos internacionais deixa-o fora do top. No entanto, seria estranhamente despromovido em 2010, mesmo com a Federação Portuguesa de Futebol a atribuir-lhe o primeiro lugar na classificação da época, decisão que levou à sua retirada. Já foi comentador de arbitragens na TVI e agora desempenha as mesmas funções na Sport TV.

Paulo Paraty: ex-árbitro da AF Porto, foi também um dos mais conhecidos do seu tempo. Apitou alguns dérbies na sua carreira, entre os quais o SL Benfica vs Sporting em 2004/2005 que os encarnados venceram com um controverso golo de Luisão a menos de dez minutos do final da partida, resultado que deixaria o Benfica a um passo de acabar com a seca de campeonatos que durava desde 1994. Retirou-se em 2008 e acabaria por falecer no dia 4 de Maio de 2016, vítima de cancro.

Paulo Paraty marcou a arbitragem em Portugal Fonte: Federação Portuguesa de Futebol
Paulo Paraty marcou a arbitragem em Portugal
Fonte: Federação Portuguesa de Futebol

Fábio Veríssimo: formado na AF Leiria, Fábio Veríssimo é na minha opinião um dos árbitros mais promissores em Portugal e na Europa. Foi promovido à primeira categoria em 2014/2015, com a Federação Portuguesa de Futebol a classifica-lo em oitavo lugar na sua época de estreia na primeira divisão. Em 2015/2016, arbitrou a sua primeira final da carreira: a final da Taça da Liga entre o SL Benfica e o CS Marítimo. Tornou-se internacional em 2015. A confirmar o seu potencial, certamente marcará presença neste top daqui a uns anos.

Comentários

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
Artigo anteriorGirabola: A Tragédia de Uíge
Próximo artigoFC Porto B 0-1 SC Freamunde: Tanta crueldade!
O Tiago é um jovem natural de Montemor-o-Novo, de uma região onde o futebol tem pouca visibilidade. Desde que se lembra é adepto fervoroso do Sport Lisboa e Benfica, mas também aprecia e acompanha o futebol em geral. Gosta muito de escrever sobre futebol e por isso decidiu abraçar este projeto, com o intuito de crescer a nível profissional e pessoal.                                                                                                                                                 O Tiago não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.