10º lugar – Marco Ferreira

Derivada a sua despromoção, Marco Ferreira abandonou precocemente a sua carreira Fonte: Federação Portuguesa de Futebol
Derivada a sua despromoção, Marco Ferreira abandonou precocemente a sua carreira
Fonte: Federação Portuguesa de Futebol

Ex-árbitro da AF Madeira, foi promovido à primeira categoria em 2007 e tornou-se internacional em 2013, tendo sido o primeiro árbitro português a apitar um jogo da UEFA Youth League.

Numa carreira na primeira divisão relativamente curta, Marco Ferreira arbitrou quatro dérbis/clássicos na sua carreira, entre os quais as meias-finais da Taça de Portugal e da Taça da Liga em 2013/2014 entre o FC Porto e o SL Benfica no Estádio do Dragão. Na mesma época, foi também o árbitro do Benfica vs Sporting no Estádio da Luz, jogo que seria adiado por dois devias devido à queda da cobertura do estádio causada pelo mau tempo.

Em 2014/2015, apitou aquela que seria a primeira e única final da sua carreira: a Final da Taça de Portugal entre o Sporting CP e o SC Braga, que seria decidida no desempate por grandes penalidades. No entanto, acabaria por ser estranhamente despromovido nessa época, classificação que levou à sua retirada dos relvados. Agora é comentador de arbitragens no jornal Record.

Comentários

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
Artigo anteriorGirabola: A Tragédia de Uíge
Próximo artigoFC Porto B 0-1 SC Freamunde: Tanta crueldade!
O Tiago é um jovem natural de Montemor-o-Novo, de uma região onde o futebol tem pouca visibilidade. Desde que se lembra é adepto fervoroso do Sport Lisboa e Benfica, mas também aprecia e acompanha o futebol em geral. Gosta muito de escrever sobre futebol e por isso decidiu abraçar este projeto, com o intuito de crescer a nível profissional e pessoal.                                                                                                                                                 O Tiago não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.