Prestes a entrar na fase importante, decorreu no antepenúltimo fim-de-semana de março a 20.ª jornada do Girabola 19. Com bons espetáculos nos jogos disputados, as grandes decisões começam-se a jogar no principal campeonato angolano!

O líder 1.º de Agosto sentiu algumas dificuldades para triunfar nesta ronda. A atuar em casa, o tricampeão angolano teve ser paciente e batalhar muito para vencer pela margem mínima a Académica do Lobito, com o golo a surgir nos últimos minutos do encontro – na marcação de um pontapé de canto, o capitão Dani Massunguna apareceu ao segundo poste a cabecear para os três pontos. A vitória permite aos “Militares” manterem o primeiro lugar no Girabola, com 44 pontos e ainda sem derrotas sofridas.

O capitão Dani Massunguna quebrou a resistência dos estudantes do Lobito perto do final do jogo
Fonte: 1.º de Agosto

O segundo classificado, Petro de Luanda, não disputou o seu jogo, uma vez que teve encontro para a Taça das Confederações – o conjunto tricolor perdeu por 1-0, frente ao Gor Mahia do Quénia e falhou o acesso à próxima fase da prova africana.

Quem podia ter aproveitado esse facto era o Kabuscorp, mas não foi eficaz. Diante do Santa Rita de Cássia, a turma do bairro do Palanca tinha uma excelente oportunidade para se colar à vice-liderança, mas a desinspiração dos atacantes veio ao de cima e o marcador não se alterou ao longo dos 90 minutos. Apesar do nulo, o Kabuscorp conseguiu aproximar-se do Petro, que tem duas partidas em atraso.

O Recreativo do Libolo continua a escalar postos na classificação. Na visita à casa do Sagrada Esperança, o conjunto libolense lutou bastante para conquistar a vitória: Filhão adiantou os visitantes na primeira parte, mas Trauré empatou o jogo no segundo tempo. Apesar da expulsão de Marcos Airosa, o Libolo conseguiu superar essa adversidade e garantiu o triunfo, com Sidnei a fazer o 1-2 final. Os homens do Calulo estão agora no sétimo lugar, com 27 pontos conquistados.

Nos outros encontros, o Desportivo da Huíla venceu em casa o Cuando Cubango por 2-0, resultado idêntico verificado na receção do Interclube ao ASA, a favor dos “Polícias”. Bravos do Maquis e Progresso do Sambizanga não foram além dum empate a zero.

Foto de capa: 1.º de Agosto

Comentários