Cabeçalho modalidadesO início da maior competição de Nações a nível Europeu está marcada para dia 12 de janeiro. Mas o que devemos esperar desta competição? Quem são os favoritos? A equipa surpresa? Os melhores jogadores? O jogador revelação? A resposta a tudo isso vai estar presente neste artigo. (Podes ler sobre os restantes grupos aqui: Grupo A; Grupo B; Grupo D).

Grupo C

Alemanha

Seis jogos e seis vitórias. É este o record dos atuais Campeões Europeus em título na fase de qualificação. Apesar do novo treinador, o núcleo duro da equipa mantém-se, portanto estarão um passo à frente de todos os adversários. No entanto, os maus resultados da equipa em 2017 colocam um pouco de pressão no lado germânico. A fase de grupos não será fácil, já que defrontarão equipas com tradição neste desporto.

Novo treinador, mesma equipa. Esta é a Alemanha versão 2018 Fonte: Facebook Handball International
Novo treinador, mesma equipa. Esta é a Alemanha versão 2018
Fonte: Facebook Handball International

Jogadores Chave:

Anúncio Publicitário

Uwe Gensheimer: Um dos jogadores mais carismáticos do Andebol Mundial. Após falhar o último Europeu por lesão está de volta para tentar conquistar o título que a maioria dos seus colegas já venceram. Já foi o melhor marcador da Liga dos Campeões duas vezes, mas ainda não a venceu.

Andreas Wolff: O herói do título de 2016. A base da sua equipa. O jogador revelação que surpreendeu o mundo inteiro com as suas exibições de cortar a respiração. O Campeonato Europeu na Polónia mudou a vida do guarda-redes alemão. Na final, contra a Espanha, apresentou uma eficácia de defesa de 48%. Números fantásticos para uma final. Forma, com Niklas Landin, a melhor dupla de guarda-redes no seu clube, THW Kiel.