Anterior1 de 3Próximo

No último dérbi lisboeta da década entre os eternos rivais, o Sporting CP bateu o SL Benfica por 26-21 no Pavilhão João Rocha.

Os leões entravam para este jogo no primeiro lugar do campeonato em igualdade pontual com o FC Porto, que jogava em Setúbal. Já os encarnados vinham de uma derrota surpreendente em Braga frente ao ABC e viam os líderes afastarem-se.

Ainda assim, a primeira parte do jogo foi pautada pelo equilíbrio. Ambas as equipas iam trocando lideranças no marcador e a intensidade era palpável. Com mais de dois mil adeptos no Pavilhão João Rocha, a emoção das bancadas era transferida para o campo com os jogadores a procurarem a vitória.

Contudo, aos 23 minutos da primeira parte tudo mudou. Pedro Seabra Marques fez o 9-10 para as águias, mas depois os comandados de Thierry Anti realizaram um parcial de 6-0 que lhes permitiu ir para o descanso na frente por 15-10. Esta vantagem leonina provou ser determinante para o resultado final.

Na segunda parte, o Benfica procurou o empate, mas Aljosa Cudic ia-se destacando na baliza do Sporting – terminaria a partida com 43% de eficácia defensiva. Com 45 minutos decorridos, a equipa de Carlos Resende conseguiu diminuir a desvantagem para apenas três golos, mas os leões responderam de imediato e depressa regressaram aos cinco de vantagem que se iriam manter até ao final da partida.

Resultado final de 26-21 com o Sporting a manter-se assim no topo da tabela (em igualdade pontual com o FC Porto que venceu o Vitória de Setúbal) com 47 pontos provenientes de 15 vitórias e um empate, enquanto que o Benfica se mantém em terceiro lugar, mas com uma desvantagem de sete pontos graças a esta derrota, a sua quarta no campeonato.

EQUIPAS

Sporting CP: Pedro Valdes, Edmilson Araújo, Gonçalo Vieira, Carlos Ruesga (3), Frankis Carol (7), Aljosa Cudic, Tiago Rocha, Francisco Tavares, Manuel Gaspar, Arnaud Bingo (4), Valentin Ghionea (6), Nemanja Mladenovic (1), Ivan Nikcevic, Marko Vujin (3), Luís Farde (2).

SL Benfica: Davide Carvalho, Romé Hebo (1), Pedro Seabra Marques (3), João Pais(1), Rene Toft-Hansen, Kevynn Nyokas (5), Belone Moreira (3), Paulo Moreno (1), Ricardo Pesqueira (1), Borko Ristovski, Carlos Molina, Carlos Martins, Nuno Grilo, Gustavo Capdeville, Petar Djordjic (6), Francisco Pereira.

Anterior1 de 3Próximo

Comentários