Seis semanas de NBA: o que há a dizer? – Conferência Este

    Philadelphia 76ers

    Fonte: Philadelphia 76ers

    Depois de vários anos a confiar no processo, eis que agora ele está prestes a ser concluído. Os Sxters foram a maior surpresa da NBA ao terminarem em terceiro lugar na Conferência, sendo eliminados nas meias-finais do play-off pelos Boston Celtics (4-1).

    Estes resultados colocaram as expectativas mais altas do que nunca na equipa orientada por Brett Brown. E, nesta temporada, a equipa mostrou que veio para o pódio do Este para ficar. Joel Embiid está ainda mais dominante, tendo já feito o seu primeiro triplo-duplo na carreira na derrota em Orlando (19-10-13). Bem Simmons, Rookie of the Year na época passada, continua a sobressair na sua capacidade de organização e já fez dois triplos-duplos, apesar de ser dos jogadores mais visados devido às suas deficiências no lançamento.

    O Wells Fargo Center tem-se revelado como uma autêntica fortaleza neste início de época, com a equipa a ter apenas uma derrota em casa até ao momento. Em contrapartida, os Sixters perderam até ao momento todos os seus jogos contra os adversários directos na Conferência (Celtics, Raptors e Bucks), o que poderá não ser um bom pronúncio para a postseason.

    Mas, mais do que os resultados, os Philadelphia 76ers também se destacaram pelo seu negócio com os Minnesota Timberwolves, no qual trocaram Dario Saric, Robert Covington e Jerryd Bayless por Justin Patton e  Jimmy Butler. Este negócio pode ser visto como uma faca de dois gumes. Se, por um lado, a equipa ganha um all-star que forma um Big 3 com Simmons e Embiid, por outro lado, as saídas de Saric e Covington retiram profundidade a um plantel que já era curto, sendo que a imprensa tem falado que o front office pretende ainda contratar um atirador para aumentar o arsenal da equipa.

    As mudanças não ficam por aqui. O base Markelle Fultz iniciou a época no 5 titular, mas os seus desempenhos à quem do esperado relegaram-no para o banco em detrimento do experiente JJ Redick, que vinha a mostrar excelentes números vindo do banco. A primeira escolha do draft em 2017 tem tardado em confirmar o seu potencial devido às lesões e vai consultar um especialista em Nova Iorque para reavaliar o seu ombro, ficando afastado da competição por tempo indeterminado, com o próprio jogador a já ter feito um peido de troca, querendo mudar de ares para recomeçar do zero.

    Apesar de tudo, há razões para acreditar que o conjunto da Philadelphia vai ser das equipas a seguir nos próximos anos.

    - Advertisement -

    Subscreve!

    Artigos Populares

    João Carlos Pereira segue os passos de Villas-Boas e é candidato à presidência do Marinhense

    João Carlos Pereira, treinador de futebol, oficializou esta sexta-feira...

    Zinédine Zidane a um passo de regressar ao ativo

    Zinédine Zidane vai ser o novo treinador do Bayern...

    Matheus Pereira, ex-Sporting, confessa que se tentou suicidar

    Matheus Pereira representou o Spoting e o Chaves, em...

    A incrível temporada do Brest

    O Stade Brestois (ou Brest) é um clube francês...
    Tiago Serrano
    Tiago Serranohttp://www.bolanarede.pt
    O Tiago é um jovem natural de Montemor-o-Novo, de uma região onde o futebol tem pouca visibilidade. Desde que se lembra é adepto fervoroso do Sport Lisboa e Benfica, mas também aprecia e acompanha o futebol em geral. Gosta muito de escrever sobre futebol e por isso decidiu abraçar este projeto, com o intuito de crescer a nível profissional e pessoal.