Anterior1 de 3Próximo

Cabeçalho modalidadesA Volta a França está na estrada e a equipa de ciclismo do Bola na Rede fez as suas apostas, tendo-se juntado mais três membros do site. Vê as nossas e deixa-nos as tuas apostas.

Camisola Amarela:

Um dos dois vencerá o Tour, provavelmente Fonte: ABC
Um dos dois vencerá o Tour, provavelmente
Fonte: ABC

Chris Froome: Por muito que esteja longe de ser uma boa época, até agora, para o britânico, a verdade é que o seu pico de forma é apontado para o Tour e isto aliado a uma descomunal equipa, ao facto de ser dos ciclistas mais completos no pelotão e já ir a caminho do seu 4.º triunfo, acabará por, espero eu, dar-lhe a vitória. (Nuno Raimundo)

Chris Froome: O britânico, como é seu apanágio, prepara toda a sua época a pensar no Tour de France, é o seu foco. Rodeado de uma equipa capaz de dominar em praticamente todos os terrenos, em especial na montanha, é um garante para quem quer vencer  a Grande Boucle. Depois de já ter vencido 3 Tours de France, é normal que Froome seja o maior candidato a vitória final. (Tiago da Silva Ferreira)

Richie Porte: O domínio do britânico Chris Froome corre sérios riscos de terminar nesta 104ª da histórica corrida. Com a vitória no Tour de Romandie e 2º lugar no Dauphiné, o australiano da BMC está mais forte que nunca (até no contrarrelógio conseguiu bater Martin). Chegou a hora de Porte. (João Filipe Coelho)

Richie Porte: Acredito que o australiano pode ser o vencedor do Tour. É um corredor completo que atravessa um excelente momento de forma. Na montanha poucos estarão ao sei nível, no CRI não vai perder tempo para os principais favoritos, e tem uma super equipa com ele. Não partindo como principal favorito o Australiano de 32 anos pode superar a forte concorrência. (Luís Coelho)

Chris Froome: O que noutros anos podia ser uma escolha óbvia este ano não é assim tanto. Mas aposto no homem da Sky, apesar da sua prestação até agora inferior a Richie Porte. Mas todos sabemos das suas capacidades e da capacidade da sua equipa, daqui a três semanas saberemos a resposta (Rodrigo Fernandes)

Camisola Verde:

Sagan quer voltar a sair de Paris de verde Fonte: Marca
Sagan quer voltar a sair de Paris de verde
Fonte: Marca

Peter Sagan: Alteram-se as regras, mas o vencedor continua a manter-se o mesmo e é difícil acreditar noutra coisa que não a vitória do campeão do mundo nesta camisola. Apenas um ciclista como Matthews poderá incomodar ou igualar o recorde de Erik Zabel, principalmente porque tanto Sagan como Matthews conseguem fazer a diferença em vários tipos de etapas. (Nuno Raimundo)

Peter Sagan: De todos os sprinters em prova, o eslovaco é o rei das camisolas verdes  contabilizando 5 vitórias consecutivas nesta categoria. A polivalência de Sagan é que faz a diferença para outros sprinters, nomeadamente na passagem das etapas mais duras, é para mim o maior candidato a levar a camisola verde. (Tiago da Silva Ferreira)

Peter Sagan: O eslovaco é claramente favorito para conquistar a classificação por pontos mais uma vez. A sua capacidade para entrar em fugas e conquistar pontos nos sprints intermédios irá voltar a ser fulcral. (João Filipe Coelho)

Peter Sagan: O ciclista eslovaco é o principal candidato a ganhar a camisola verde. Apesar de não ser o mais “rápido” do pelotão é sem dúvida o mais regular entre os sprinters. Consegue passar a media montanha com alguma facilidade e essa capacidade dá-lhe uma vantagem importante para os adversários. Acredito que vai repetir a vitória do ano passado. (Luís Coelho)

Peter Sagan: Acho que é impossível apostar noutro ciclista que não ele. Longe de ser o melhor sprinter puro é no entanto o mais regular de todos, o que lhe dá muito mais possibilidades do que a toda a concorrência. (Rodrigo Fernandes)

Anterior1 de 3Próximo

Comentários