Sem surpresas, os Mumbai Indians não tiveram problemas em qualificar-se para os playoffs da IPL 2020 e nem a lesão do capitão Rohit Sharma impediu os campeões em título de terminar a fase regular no topo da tabela. A superioridade foi tal que os Mumbai Indians foram uma de apenas duas equipas  conseguir um Índice de Corridas Líquido (NRR) positivo e com quase o dobro da outra, os Sunrisers.

Com um plantel bem apetrechado, os azuis podem bem sonhar com a revalidação do título, especialmente se Sharma regressar em forma para os encontros a eliminar. Pollard tem feito um bom trabalho como seu substituto a capitanear, mas falta-lhe a estrela do indiano.

No primeiro qualifier para a final, os Indians enfrentarão os Delhi Capitals, que tiveram uma segunda metade da prova para esquecer, incluindo quatro derrotas consecutivas, mas uma vitória sobre os Royal Challengers no último jogo garantiu-lhes o segundo lugar. Contudo, os homens da capital estão longe de ser favoritos. A equipa conta com lançadores de excelência, com especial destaque para Rabada, que lidera o Purple Cap com 25 wickets, mas demonstra fragilidades a bater e será difícil elas não virem à tona nos jogos a eliminar.

Para o qualifier 2, à equipa derrotada no primeiro juntar-se-á o vencedor do Eliminator e, aí, a luta esteve ao rubro para alcançar uma dessas posições. Três conjuntos terminaram igualados com sete vitórias e os restantes obtiveram seis triunfos cada.

Anúncio Publicitário

No desempate, os Sunrisers Hyderabad ficaram com o terceiro lugar à custa de uma vitória no último jogo da fase regular sobre uns Indians já há muito qualificados e irão defrontar os Royal Challengers Bangalore, ficando os Kolkata Knight Riders de fora. Destes dois conjuntos, ambos têm equipas completas que poderão lutar pelo título, mas parece claro que os Royal Challengers partem como fortes candidatos a chegar até à final. Com Virat Kohli ao leme de um grupo experiente, esta é uma boa oportunidade de, finalmente, Bangalore conquistar a sua primeira IPL.

Entre os que terminam agora a sua participação na prova, também há alguns destaques. Apesar de um início fraco, os Kings XI terminaram fortes e chegaram a estar entre os quatro da frente, mas nem a liderança de KL Rahul no Orange Cap foi suficiente para garantir a qualificação. Finalmente, os Rajastan Royals não foram além do último lugar, mesmo contando com um inspirado Jofra Archer em ambos os lados da bola, que lidera a classificação de MVP.

Foto de Capa: Indian Premier League

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome