Em 2020, a classe de GTE em Le Mans viu-se sem os dois construtores americanos, a Ford e a Chevrolet. Apesar disso, a luta prometia ser intensa. Na pista francesa, a Porsche estreou a nova versão do 911 RSR, algo que aliado à pandemia COVID-19 dá pano para mangas à marca alemã e não correu muito bem. Já a Aston Martin teve uma corrida de sonho: Venceu nas duas classes, a LMGTE Pro e a LMGTE Am, e no total três dos seis carros no pódio eram da marca britânica.

Foto de Capa: Aston Martin Racing

Artigo redigido por Angelina Barreiro e David Pacheco