logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

Fabio Quartararo

GP Catalunha: Fabio Quartararo cada vez mais líder

modalidades cabeçalho

A CRÓNICA: NOT SO FAST… ALEIX ESPARGARÓ

O começo deste Grande Prémio de Barcelona revelou-se caótico, logo na dobra da primeira curva Nakagami perdeu o controlo da sua moto e colidiu com Alex Rins que na sequência desse contacto derrubou Francesco Bagnaia, momento esse que assinalou mais um abandono para Alex Rins, o terceiro consecutivo e o abandono do vencedor do GP anterior, o italiano da Ducati.

Relativamente pouco tempo depois surgiu novo abandono, desta feita com uma queda de Stefan Bradl na curva dez, o piloto da Honda LCR Team, que assumiu o lugar por múltiplas vezes campeão mundial Marc Marquez, que teve de interromper a temporada para ser sujeito a uma operação ao braço, depois de ter passado a última temporada a tomar analgésicos e a ter de correr com dor crónica. A curva dez voltou a “fazer das suas”, tendo levado Marco Bezzechi a perder a sua frente.

A corrida da Gresini Racing acabou num curto espaço de tempo com quedas sucessivas de ambos os pilotos na mesma volta, de Bastianini na curva quatro e Fabio Di Giannantonio na curva treze.

Com toda esta azáfama, os dois pilotos da frente foram aproveitando para se distanciar do resto, com destaque para Fabio Quartararo que chegou a conseguir uma vantagem de um segundo para o perseguidor, registando pouco mais de duas décimas a meio da corrida.

Miguel Oliveira na tentativa de ultrapassar Brad Binder para a oitava posição cometeu um erro a fazer a curva e alargou bastante, tendo perdido o lugar e se atrasado consideravelmente para o colega de equipa, com uma diferença de um segundo e meio.

Jorge Martin foi rodando a um ritmo muito elevado na tentativa de se aproximar ou até mesmo ultrapassar Aleix Espargaró, que vem de pódios consecutivos e tem sido até ao momento uma das maiores surpresas da temporada, a par de Bastianini, tendo mesmo conseguido ultrapassar o compatriota. Quartararo impôs uma distância de mais de seis segundos com uma pilotagem eximia, a caminhar a largos passos para conquistar mais uma vitória no campeonato desta temporada.

A uma volta do final, um erro de Aleix Espargaró que achava que a corrida já ia terminar custou-lhe o pódio e uma mão cheia de pontos, num momento em que a luta pelo título começa a ganhar forma e todos os resultados são importantes para trepar na classificação, caindo para a quinta posição. O pódio em Barcelona ficou composto por Quartararo, ainda mais líder, seguido pelos dois homens da Pramac Racing, Jorge Martin em segundo e Johann Zarco em terceiro. O piloto português da KTM, Miguel Oliveira terminou a corrida no nono lugar.

 

O PILOTO DO DIA

Fabio Quartararo – Começam a faltar palavras para descrever o campeão mundial em título, numa corrida que teve muitas mudanças de posição e alguma confusão, o piloto desde cedo correu praticamente sozinho e teve uma performance só ao nível dos melhores, não cometendo qualquer tipo de erro.

A DESILUSÃO

Aleix Espargaró – Num momento algo caricato o piloto espanhol enganou-se na contagem de voltas da corrida e a uma volta do final deste GP o piloto espanhol pensou que já tinha acabado a corrida e assegurado mais um pódio, desta vez em frente aos fãs caseiros e a verdade é que ainda faltava uma volta e o piloto deitou tudo a perder.

O Henrique adora ver futebol, seja o tradicional futebol de 11, futebol de praia, futsal ou até uma simples peladinha entre amadores.

O Henrique adora ver futebol, seja o tradicional futebol de 11, futebol de praia, futsal ou até uma simples peladinha entre amadores.

FC PORTO vs CD TONDELA