Está a ser um Estoril Open recheado de surpresas e estamos mais perto da reta final. Já são conhecidos os dois finalistas: Alberto Ramos Vinales e Cameron Norrie (foto de capa). Ninguém estava à espera que chegassem tão longe no torneio – Ramos era o sétimo cabeça-de-série e Norrie nem estava no top 8. Antes da grande final que vão disputar hoje, no Dia da Mãe, vamos recordar os trajetos e respetivos jogos nas meias-finais deste Estoril Open.

CAMERON NORRIE: À PROCURA DO PRIMEIRO TÍTULO ATP

Anúncio Publicitário

É um jogador que está na terra batida. Antes de disputar o maior torneio de ténis realizado em Portugal, Norrie chegou aos quartos-de-finais do ATP de Barcelona e foi eliminado por um senhor do ténis e deste court: Rafael Nadal.

Não é a primeira vez que Norrie disputa o ATP de Estoril. Em 2018, Norrie chegou aos oitavos-de-final, foi eliminado por Roberto Carballes Baena.

Na primeira ronda da edição do Estoril Open deste ano, o tenista britânico derrotou o melhor tenista português de todos os tempos, João Sousa. Tal já foi dito no primeiro artigo, foi um jogo em que o português não estava no seu melhor nível e encontrou um britânico muito forte.

Na segunda ronda, Norrie defrontou e derrotou Pedro Martinez, num encontro que durou quase 3 horas (2h59m). Foi um dos jogos mais longos da prova e demonstrou a resistência de Norrie.

Nos quartos-de-finais, Norrie encontrou o segundo cabeça-de-série deste Estoril Open e um dos melhores jogadores em terra batida: Christian Garin. Para muitos, Garin ia chegar à final da prova. Porém, Norrie demonstrou que, apesar de ter tido um jogo muito complicado, ainda tinha forças para levar a melhor contra o chileno.

Wham, Bam and Thank You Cam 💥@cam_norrie defeats Chile’s Cristian Garin 3-6 7-5 6-3 to make his 2nd semi-final of 2021!#EstorilOpen pic.twitter.com/1ppDfRhJRY

— Tennis TV (@TennisTV) April 30, 2021

Nas meias-finais, Norrie defrontou um dos jogadores mais experientes do ténis e um antigo campeão de Grand Slam, Marin Cilic. Depois de um 2020 muito aquém das expectativas, Cilic tem tido exibições agradáveis em 2021 – meias-finais no ATP de Singapura e oitavos-de-final no ATP de Miami.

Neste encontro, esperava-se um encontro muito equilibrado e foi o que aconteceu. No primeiro set, os dois tenistas sofreram break: Norrie no seu primeiro jogo de serviço e Cilic no seu terceiro. A partir daí, não houve mais nenhuma quebra e foi decidido no tie-break. Norrie, novamente, foi o primeiro a perder o serviço, mas foi o que mais sorriu no final do set.

O segundo set foi, tal como o primeiro, bastante equilibrado. Tanto Cilic como Norrie tiveram várias oportunidades para quebrar o serviço, mas o adversário conseguia resistir. Porém, no último jogo de serviço antes do tie break, Cilic não aguentou e perdeu tanto o set como o jogo.

O croata fez uma prova incrível neste Estoril Open, a demonstrar que ainda não perdeu a sua magia, e fez 16 ases neste jogo! Agora, Norrie vai jogar a sua segunda final de ATP – perdeu a primeira, na edição de 2019 do ATP de Auckland. O britânico é um dos jogadores com mais vitórias em 2021 (18), apenas atrás de Tsitsipas, Rublev e em igualdade com Sinner.

 

Through to his second career ATP final ✌️@cam_norrie‘s 2021 campaign gets even better as he defeats Cilic 7-6(5) 7-5 to book his place into the #EstorilOpen final! pic.twitter.com/YOVTq0N6ao

— Tennis TV (@TennisTV) May 1, 2021

ALBERTO RAMOS-VINALRES: O ESPANHOL ESTÁ EM GRANDE FORMA

Alberto Ramos está numa grande forma: registra 15 vitórias em terra batida em 2021. O espanhol de 33 anos está a ter um ano incrível e foi recompensado com a sua décima final da carreira e a segunda neste ano – perdeu o ATP de Córdoba, frente a Carreno Busta. Ramos é um jogador que se adapta muito bem na terra batida.

Tal como Cameron Norrie, Ramos não está a ter a sua primeira participação no Estoril Open. A primeira vez foi em 2013 – a competição era denominada como Oeiras Open – e Alberton Ramos foi eliminado por Stan Wawrinka, nos oitavos-de-final. A segunda participação do espanhol ocorreu em 2015 e foi eliminado por Nick Kyrgios, nos 16-avos de finais.

Na primeira ronda, Ramos defrontou Fernando Verdasco, um dos jogadores mais experientes do ténis, com 37 anos. Num duelo 100% espanhol, Ramos não teve muita dificuldade e derrotou o compatriota com apenas 1 hora e 11 minutos de jogo.

Na segunda ronda, o espanhol derrotou Pierre Herbert, um tenista que só tinha vitórias frente ao espanhol, mas eles nunca se tinham defrontado em terra batida. O primeiro set durou menos de 30 minutos, mas o segundo foi muito equilibrado e foi apenas decidido no tie break, com o espanhol a sorrir no final do encontro.

Nos quartos-de-final deste Estoril Open, Ramos voltou a defrontar um francês, desta vez foi o Corentin Moutet. O francês já estava a fazer uma grande prova: eliminou Marcos Giron e o primeiro cabeça-de-série da prova, Dennis Shapovalov. Apesar disso, Ramos não teve medo e derrotou o Moutet em menos de 2 horas.

4th semi-final of 2021 👏@albertramos88 defeats Moutet 6-4 6-3 to continue his fine form this season and move into the last 4#EstorilOpen pic.twitter.com/GiuGq1BgIY

— Tennis TV (@TennisTV) April 30, 2021

Nas meias-finais deste Estoril Open, Ramos voltou a ter um encontro 100% espanhol na prova, defrontou Alejandro Davidovich Fokina. O jovem tenista espanhol tinha chegado às meias-finais da edição do Estoril Open de 2019 e queria chegar à final este ano. Era o terceiro jogo entre os dois tenistas espanhóis na prova, ambos tinham uma vitória. A maioria das pessoas pensavam que o jovem espanhol ia chegar à final, mas não foi isso que aconteceu.

No primeiro set, Davidovich quebrou o serviço de Ramos logo no início, mas acabou por ser a única vez em que o jovem tenista conquistou um jogo nesse set. Albert Ramos quebrou todos os serviços de Fokina. No segundo set, Ramos voltou a ser o primeiro a ser quebrado, mas, tal como aconteceu no primeiro set, Davidovich Fokina não aguentou a pressão e foi quebrado nos seus dois últimos jogos de serviço. Um encontro que prometia muito mais, mas acabou por terminar em menos de 1 hora e 20 minutos de jogo.

🔟 career ATP finals for @albertramos88!

The more experienced Spaniard prevails 6-1 6-4 vs Davidovich Fokina and will face Norrie tomorrow for the Estoril title 🏆🇵🇹#EstorilOpen pic.twitter.com/v4zt9eK5aT

— Tennis TV (@TennisTV) May 1, 2021

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome