logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

AFC Este: Comprar, manter ou vender stock? | NFL

Espero que esteja tudo bem desse lado. Hoje, estamos aqui para investir (ou não) no “mercado da bolsa” da NFL.

Com base nos acontecimentos da época passada e desta pré-temporada, principalmente na free agency, devido à incerteza dos jogadores que são escolhidos no Draft, darei a minha opinião em relação ao futuro de todas as equipas, para saberem em quem devem investir o vosso tempo.

Irei: “comprar”, se achar que esta equipa irá melhorar em relação ao ano passado ou se estiver numa fase ascendente no ciclo da NFL; “manter”, se achar que será uma época muito semelhante à anterior ou se tiver algumas desconfianças em certos aspetos; “vender”, se achar que a época será abaixo das expectativas ou se estiverem na fase descendente do franchise.

Mesmo assim, aconselho a acompanharem todos os acontecimentos da liga, pois a magia da NFL é haver motivos para acompanhar quase todos os jogos e haver jogadores espetaculares em todas as equipas.

No artigo de hoje, falaremos da AFC Este, podendo esta ser uma das divisões mais competitivas e interessantes de acompanhar, com uma equipa candidata ao Super Bowl, duas candidatas a alcançar os playoffs e outra onde atuará o segundo quarterback escolhido no Draft.

Foto de capa: Buffalo Bills

O Jorge é portista desde nascença, adepto do desporto rei desde pequeno. Ver o FC Porto no Dragão com estádio cheio é algo que não consegue descrever. É espectador assíduo de Snooker desde os 14 anos, sendo Judd Trump quem o deixa de pé, colado à televisão. Mas foi mais recentemente que foi convencido a seguir a NFL, e não poderia ter tomado melhor decisão. Os Los Angeles Rams tornaram-se na sua nova fonte de sofrimento desportivo. Entre vídeos, podcasts e leitura de artigos muitas horas se passam. Durante a época da NFL, aos domingos a partir das 18h os jogos só param de madrugada, e mais nada acontece. Agora descobriu a escrita sobre este desporto para ocupar as horas que lhe sobravam.                                                                                                                                                 O Jorge não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

O Jorge é portista desde nascença, adepto do desporto rei desde pequeno. Ver o FC Porto no Dragão com estádio cheio é algo que não consegue descrever. É espectador assíduo de Snooker desde os 14 anos, sendo Judd Trump quem o deixa de pé, colado à televisão. Mas foi mais recentemente que foi convencido a seguir a NFL, e não poderia ter tomado melhor decisão. Os Los Angeles Rams tornaram-se na sua nova fonte de sofrimento desportivo. Entre vídeos, podcasts e leitura de artigos muitas horas se passam. Durante a época da NFL, aos domingos a partir das 18h os jogos só param de madrugada, e mais nada acontece. Agora descobriu a escrita sobre este desporto para ocupar as horas que lhe sobravam.                                                                                                                                                 O Jorge não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

FC PORTO vs CD TONDELA