GREEN BAY PACKERS

Na época passada o recorde foi de 13-3 durante a época regular, tendo sido eliminados pelos campeões Tampa Bay Buccaneers na NFC Championship. Esta época ficou marcada pelo ressurgimento do melhor nível do quarterback Aaron Rodgers, tendo um dos melhores anos da sua carreira a nível exibicional, acabando por ser eleito como o MVP da liga.

O ataque de Green Bay foi número um em muitas das principais categorias, com principal relevo para a relação espetacular e química entre Rodgers e o seu wide receiver favorito, Davante Adams, que fez uma das melhores épocas da sua carreira, contribuindo esta dupla para os grandes resultados da equipa, com muita produtividade e estatísticas impressionantes.

Na defesa, destacar Jaire Alexander, que foi talvez o melhor cornerback na NFL durante a época passada. A decisão do treinador Matt LaFleur de optar por um field goal num 4th & 8, quando perdiam por 8 pontos, a pouco mais de 2 minutos do fim, devolvendo a bola a Tom Brady, foi um dos aspetos determinantes na eliminação da equipa, e no descontentamento de Aaron Rodgers.

 

Anúncio Publicitário

DECISÃO: VENDER STOCK

Esta decisão deve-se principalmente à grande polémica nesta pré-época, sobre a permanência, ou não, de Aaron Rodgers em Green Bay, depois de se ter tornado público, o grande descontentamento do quarterback em relação às decisões do general manager Brian Gutekunst, principalmente por este ter escolhido um quarterback, Jordan Love no Draft, para possivelmente substituir Rodgers no final deste ano, ao invés da possível aquisição de jogadores que pudessem contribuir de imediato.

Toda esta incerteza à volta de Aaron Rodgers faz com que veja esta próxima época com alguma desconfiança, sendo que para além desta novela os Packers perderam um dos melhores centers da liga, Corey Linsley e este ano o calendário será teoricamente mais difícil do que no ano passado.

Mesmo que a situação de Aaron Rodgers se resolva e este permaneça em Green Bay, é esperada uma quebra de rendimento por parte das peças que maior destaque tiveram na excelente campanha do ano passado, uma vez que tal como Rodgers, também Davante Adams e Jaire Alexander tiveram prestações históricas nas suas carreiras sendo presumível que baixem de forma, podendo os Packers ressentir-se disso mesmo, principalmente por não se terem registado aquisições de relevo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome