Anterior1 de 3Próximo

Foi uma semana em que os líderes venceram – com maior ou menor dificuldade – e as equipas do fundo da tabela surpreenderam. Excepto os Bengals, que parecem ter garantido a escolha número um do Draft.

Colts 17-20 Texans: Líderes da AFC Sul

Ao longo da temporada, a defesa de Houston tem sido o seu ponto fraco. Com Deshaun Watson a ter uma excelente época que, em momentos, o colocou na corrida pelo prémio de MVP, a defesa dos Texans era vista como o ponto fraco que os iria impedir de chegar longe na época.

Contudo, frente aos Colts, essa mesma defesa assumiu o destaque e foi o alicerce para uma vitória que colocou Houston no topo da AFC Sul. Ao limitarem o ataque de Jacoby Brissett a 129 jardas de passe e zero touchdowns, a equipa da casa colocou-se numa boa posição para vencer mas apenas conseguiu assumir a liderança no final do terceiro quarto.

DeAndre Hopkins esteve em destaque ao marcar dois touchdowns, incluindo o da vitória, e Will Fuller ficou em branco, mas recebeu para 140 jardas, o que foi importante para Houston avançar em campo.

Broncos 3-20 Bills: Buffalo continua na luta

Com cada jornada que passa os Bills ficam cada vez mais próximos dos playoffs. Desta vez derrotaram os Denver Broncos de forma convincente e conseguiram a sua oitava vitória na época, o que os deixa numa posição excelente para atacar a reta final.

Muitas vezes postos de parte por terem um calendário relativamente fácil, a verdade é que Buffalo tem cumprido e isso só por si só já é suficiente.

Apoiados numa defesa muito coesa e consistente, o ataque tem conseguido acompanhar o que foi chave para esta vitória.

Quanto a Denver, o seu ataque simplesmente foi inexistente. Tanto em corrida como em passe, Brandon Allen não conseguiu criar perigo e terminou a noite com 10 passes em 25 tentativas para 82 jardas, zero touchdowns e uma interceção.

Giants 14-19 Bears: Apesar de lesionado, Trubisky vence

Depois de ter sido substituído no final no jogo da jornada 11, eram muitas as dúvidas que envolviam o quarterback Mitchell Trubisky. No entanto, e apesar de debilitado, Trubisky foi titular e conseguiu ter um jogo aceitável que culminou com a vitória sobre os Giants.

Depois das dificuldades iniciais que têm sido características dos Bears, foram os Giants que tomaram a dianteira no primeiro quarto fazendo o 7-0 e Chicago bem pode agradecer ao kicker adversário por ter falhado dois field goals que teriam aumentado a sua desvantagem para 13-0.

Depois de terem reduzido ainda antes do intervalo, Chicago conseguiu colocar pontos no marcador nas três primeiras jogadas da segunda parte e colocou-se em vantagem por 7-19, conseguindo assim a sua segunda vitória nos últimos sete jogos.

Steelers 16-10 Bengals: Mão e meia na primeira escolha do Draft

Com os resultados desta semana, os Bengals parecem ter garantido a primeira escolha do Draft 2020 ao perderem frente aos Steelers.

Apesar de uma exibição bastante fraca por parte do seu quarterback Mason Rudolph, que acabou por ser substituído ainda no decorrer do encontro, Pittsburgh conseguiu uma vitória difícil que os coloca na disputa pelos playoffs.

Cincinnati conseguiu manter a partida equilibrada até ao início do terceiro quarto, mas dois field goals de Boswell no último período acabaram por fazer a diferença. Ryan Finley teve uma exibição aceitável ao terminar com 12 passes para 192 jardas e um touchdown mas não foi suficiente para a vitória.

Os Bengals continuam assim o caminho para a pior época da sua história mas que pode ter consequências positivas no final da época.

Dolphins 24-41 Browns: Nova demonstração de força

Na sua terceira vitória consecutiva, os Browns bateram os Dolphins e entram agora numa improvável corrida pelos playoffs.

Com Baker Mayfield a ter uma das suas melhores exibições do ano – 24 passes em 34 tentativas para 327 jardas, três touchdowns e uma interceção – o quarterback conseguiu envolver todas as suas armas no ataque e colheu os frutos. Nick Chubb e Kareem Hunt tiveram um touchdown cada um, Jarvis Lanndry vingou-se da sua antiga equipa com dez receções para 148 jardas e dois touchdowns e, por fim, Odell Beckham Jr também teve direito a marcar.

Quando já pouco se esperava da equipa de Freddie Kitchens, os Browns venceram três jogos seguidos e voltaram a ter uma palavra na luta pelo acesso ao wild card dos playoffs, o que acrescenta bastante significado ao seu jogo no próximo fim de semana frente aos Steelers.

Foi uma noite onde tudo correu bem aos Browns
Fonte: Cleveland Browns
Anterior1 de 3Próximo

Comentários