Anterior1 de 5

Na sequência do ano mais atípico da história da modalidade, o Snooker procura restabelecer a normalidade possível, com o foco da World Snooker a incidir sobre dois importantes pontos: calendário e assistência. E o Campeonato do Mundo de 2021 traz ótimas notícias em respeito a ambos!

Em 2020, os amantes da modalidade tiveram que aguardar até 31 de julho para verem as bolas a rolar nos mantos verdes das mesas de oito pés do Crucible Theatre. Em 2021, contudo, o Mundial volta a ser jogado na Primavera – decorre de 17 de abril a 3 de maio -, marcando o regresso da prova máxima do Snooker mundial à época a que os amantes deste desporto se habituaram anos a fio.

Por falar nos adeptos da modalidade e em regresso… Era a notícia mais desejada e foi confirmada a sete de abril pelo Governo Britânico e pela World Snooker: habemus público! O Crucible vai acolher assistência em todas as etapas da fase final do Mundial, começando com uma taxa máxima de 33% nos 16-avos de final, 50% nos oitavos e 75% nas fases seguintes até à grande final de dois e três de maio, que poderá receber – em ambos os dias e nas quatro sessões previstas – as 980 pessoas que constituem a lotação máxima do mítico edifício no centro de Sheffield.

Não obstante a importância do público, os intervenientes principais são os jogadores. Assim, quem são os 32 afortunados que vão gladiar pela maior honra do Snooker mundial e pelas 500 mil libras guardadas para o grande vencedor? Vamos descobrir nesta antevisão.

Anúncio Publicitário

O vencedor, esse, será desvendado já no mês de maio. O Campeonato do Mundo de Snooker 2021 arranca sábado, 17 de abril, às 10 horas, com as honras de abertura a pertencerem ao campeão em título (manda a tradição) – Ronnie O´Sullivan defronta o estreante Mark Joyce.

Previsão de vencedor: Neil Robertson
Anterior1 de 5

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome