Cabeçalho modalidades

Está terminado o primeiro torneio da temporada no circuito WTA. Em Brisbane, e em jeito de preparação para o muito aguardado Australian Open, primeiro torneio do Grand Slam de 2018, o piso rápido australiano foi já pisado pela primeira vez por alguns dos maiores nomes do circuito feminino, casos de Garbiñe Muguruza, Karolina Pliskova, Elina Svitolina, Caroline Garcia ou Johanna Konta.

Nem se pode dizer que o Brisbane International tenha sido, tal como tantas vezes acontece em início de temporada e pouco tempo antes de um torneio do Grand Slam, uma competição atípica. As principais favoritas, tendencialmente, cumpriram com o seu estatuto de cabeças de série e foram avançando no torneio. A principal exceção foi Garbiñe Muguruza que, por lesão, foi forçada a abandonar o encontro da segunda ronda, frente a Aleksandra Krunic, quando o marcador era de 5-7, 7-6(3) e 1-2 favorável à sérvia.

Caroline Garcia, quarta cabeça de série, também caiu logo na primeira ronda frente a Alizé Cornet, igualmente devido a lesão, quando o encontro se encontrava empatado (3-6 e 6-3). A principal desilusão acabou por ser Kristina Mladenovic, que parece não ter conseguido afastar os fantasmas da segunda metade da temporada 2017 e que, sem apelo nem agravo, foi afastada do torneio logo na primeira ronda do mesmo pela qualifier Aliaksandra Sasnovich (1-6, 6-3 e 7-5).

Poderá Svitolina conquistar um Grand Slam em 2018? Fonte: Facebook do Brisbane International - Australian Open Series
Poderá Svitolina conquistar um Grand Slam em 2018?
Fonte: Facebook do Brisbane International – Australian Open Series

Sasnovich, tenista bielorrussa de 23 anos de idade e atual número 88 do ranking WTA, viria mesmo a ser a grande surpresa do torneio ao, vinda do qualifying, ter conseguido atingir a final. Lá encontrou Elina Svitolina, tenista ucraniana que nem teve vida facilitada já que, para chegar à final, teve que superar adversárias como Carla Suárez-Navarro, Johanna Konta ou Karolina Pliskova. O encontro decisivo, esse acabou por ter pouca história: Svitolina dominou totalmente quase todos os pontos e, em apenas 67 minutos, esmagou Sasnovich por 6-2 e 6-1.

Anúncio Publicitário

Depois de ter realizado uma excelente temporada em 2017 Elina Svitolina, atual número seis do ranking WTA, parece agora transportar esse bom momento para 2018. Com apenas 23 anos de idade este é já o 10º título conquistado pela tenista ucraniana que, depois de na temporada transata ter conquistado cinco troféus em cinco finais disputadas, venceu no Brisbane International a sua sexta final consecutiva. Já por aqui se havia dito que Svitolina seria um nome a ter em atenção nos principais torneios; depois desta entrada de rompante em 2018, seguramente, as suas adversárias estarão já em sentido!

Foto de Capa: Facebook do Brisbane International – Australian Open Series

Artigo anteriorEstrelas da Formação: Diogo Costa
Próximo artigoSporting CP 3-3 SL Benfica: Encarnados mais felizes
Apaixonado por futebol desde a segunda infância, Francisco Sampaio tem no FC Porto, desde esse período, o seu clube do coração. Apesar de, durante os 90 minutos, torcer fervorosamente pelo seu clube, procura manter algum distanciamento na apreciação ao seu desempenho. Autodidata em matérias futebolísticas, tem vindo recentemente a desenvolver um interesse particular pela análise tática do jogo. Na idade adulta descobriu a sua segunda paixão, o ténis, modalidade que pratica de forma amadora desde 2014.                                                                                                                                                 O Francisco escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.