Cabeçalho modalidades

Chegada ao final a primeira semana da vertente feminina de Wimbledon, pode dizer-se que as surpresas não têm sido a nota dominante da competição. A grande maioria das cabeças de série mantêm-se em prova e, até ao momento, não há uma tenista que se destaque de sobremaneira de modo a poder ser apontada como a principal candidata à conquista do torneio.

A principal surpresa até ao momento foi a eliminação de Karolina Pliskova, dada por muitos como a principal candidata à conquista de Wimbledon. Logo na segunda ronda a checa não resistiu a Magdalena Rybarikova, número 87 do ranking WTA, que este ano já venceu 16 dos 17 encontros disputados em relva. Pliskova voltou a mostrar que, pese embora a agressividade do seu primeiro serviço e da sua pancada de direita, a relva de Wimbledon (torneio no qual nunca avançou para além da segunda ronda) tende a não trazer à tona o seu melhor ténis.

Pliskova nunca conseguiu passar da segunda ronda Fonte: Karolina Pliskova
Pliskova nunca conseguiu passar da segunda ronda
Fonte: Karolina Pliskova

Do lado das surpresas destaque ainda para Petra Kvitova, bicampeã de Wimbledon e dada por muitos como a provável darkhorse da competição que, também na segunda ronda do torneio, caiu às mãos da norte-americana Madison Brengle por 6-3, 1-6 e 6-2.

Foto de Capa: Wimbledon

Anúncio Publicitário