Cabeçalho modalidades

Análise ao Sorteio Zona Sul. Antevisão do Campeonato. Regresso do Filipa. Mais equipas. Candidatos. Outsiders. Novo esquema competitivo. . .

Sorteio

Esquema Competitivo (Zona Sul)

2 Grupos

Anúncio Publicitário

(Grupo A – Filipa Lencastre, Maristas, Atlântico, Sesimbra e Famões

Grupo B- Carnide, Ginásio, CRP, CSJB, Paulenses e J. Évora)

De cada grupo passam os dois primeiros classificados para a disputa do título regional e os 3º e 4º para disputar os lugares que ainda dão acesso ao Nacional.

Análise, Favoritos, Candidatos e possíveis surpresas…

Olhando para o Sorteio e tendo em conta o campeonato transacto, a forma como as equipas se reforçaram e o regresso do Filipa Lencastre a 3ª divisão parece-me claro que:

Carnide e Filipa são os principais candidatos ao título Regional. O Carnide pelo que fez o ano passado, pela forma como se reforçou e o Filipa pela bagagem que trás da 2ª Divisão tendo mantido quase todas as suas atletas.

Assumindo-se ou não estas serão as equipas que deverão lutar pela poule dos primeiros e pelo título. Qualquer resultado abaixo será um mau resultado.

Maristas (dois bons reforços e manutenção de um dos melhores treinadores de Lisboa), Ginásio (equipa competitiva e que mantém a estrutura do ano passado), Atlântico (reforçaram-se muito com novas jogadoras e treinador), Sesimbra (deslocação sempre difícil e grupo homogéneo) e CSJB (equipa com boa capacidade defensiva e é sempre difícil jogar lá) no meu entender, são as equipas que poderão ser competitivas com as 2 de cima e deverão ocupar os lugares de apuramento restantes.

Famões, Paulenses, Juv. Évora e CRP correrão por fora e um apuramento para o Nacional (primeiros 7) seria um excelente resultado.

1
2
3
Artigo anteriorAS Monaco: o melhor ataque da europa
Próximo artigoBale já ultrapassou Ronaldo?
Natural de Lisboa, 29 anos, o Luís jogou voleibol dos 8 anos aos 20 e começou a dar treino aos 17, passando pelos vários escalões de formação e séniores. É treinador nível III da Federação Portuguesa Voleibol e Campeão Nacional (A2) com a equipa sénior feminina do Clube Voleibol Oeiras 2008/09, Vencedor da Taça Nacional 2014/15 pelo FCA (séniores Femininos) e Campeão Regional Séniores Femininos pelo Carnide Clube 2015/16. Atualmente, é treinador da equipa sénior feminina do Carnide Clube.                                                                                                                                                 O Luís não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.