sl benfica cabeçalho 1Era um jogo cheio de incógnitas. Jorge Simão assumia o comando da equipa do Boavista apenas há dois dias. Já o Benfica, depois das últimas más exibições no campeonato e na Liga dos Campeões, deslocava-se ao Bessa para perseguir os rivais na classificação. Mas a falta de garra das ‘águias’ ditou o desfecho contrário.

Os tetracampeões entraram em campo com um registo de pressão forte, tendo a primeira ameaça de golo saído dos pés de Pizzi. Mas foi Jonas quem abriu o marcador. Após uma recuperação de bola por Luisão, Zivkovic, na esquerda, cruzou e o brasileiro, na área, marcou de cabeça o seu sétimo golo da Liga NOS nesta temporada. Aos 8 minutos estava feito o primeiro golo da partida.

O Boavista reagiu bem à desvantagem e rapidamente subiu as linhas de ataque e o nível de rendimento. Mas os remates surgiam maioritariamente do lado do Benfica, que podia ter alargado a vantagem no marcador, enquanto Grimaldo e Zivkovic iam pintando o melhor da exibição ‘encarnada’.

Boa entrada do Boavista na segunda parte, aproveitando a passividade da defesa do Benfica e fazendo o golo do empate num remate de Renato Santos sem hipóteses para Bruno Varela. As ‘águias’ bem iam tentando lutar contra a inércia, mas os ‘axadrezados’ ganhavam novo fôlego e pressionavam na recuperação da bola.

Tanto assim foi, que aos 73 minutos surgiu o 2-1 para o Boavista. Num livre batido por Fábio Espinho, a bola caiu numa zona perigosa e Bruno Varela facilitou demasiado, cedendo um frango gigantesco!

Anúncio Publicitário

Rui Vitória esgotava agora as substituições. Jiménez já tinha entrado para o lugar de Seferovic, e agora Gabriel entrava para render Zivkovic. Numa luta contra o tempo, nem os seis minutos de compensação foram aproveitados pelo clube da Luz.

O Benfica volta para Lisboa com a primeira derrota no campeonato, depois de ter tido o jogo na mão durante a primeira parte. Os jogadores nem agradeceram aos adeptos o apoio dado durante mais de uma hora e meia de jogo e recolheram aos balneários sob uma chuva de assobios face a uma exibição vergonhosa de um clube que quer ser penta campeão nacional.