O Sport Lisboa e Benfica fechou o seu mercado de transferências com um nome sonante. Valentino Lázaro assinou pelos encarnados um contrato válido até 2022, uma vez que vem cedido a título de empréstimo pelo Inter de Milão.

Lázaro é um lateral direito bastante rápido e com uma capacidade de drible incomum, sendo capaz de percorrer a ala toda para se juntar ao ataque para ajudar nos processos ofensivos da equipa. Muito forte no um para um, é mesmo no plano ofensivo que é mais forte, sendo que é razoável a defender (é um lateral moderno, digamos).

Anúncio Publicitário

Chega a Lisboa proveniente do Inter de Milão, clube que não conta com os serviços do austríaco que lhes custou qualquer coisa como 22 milhões de euros. Em Itália não convenceu à chegada e foi emprestado sucessivamente ao Newcastle United FC e Borussia Mönchengladbach.

Em Portugal terá mais uma oportunidade de relançar a sua carreira, talvez uma das últimas, até porque se quer chegar a voos mais altos, tem de mostrar serviço rapidamente.

Na equipa do SL Benfica encontrará muita concorrência por um lugar no onze titular. André Almeida, Diogo Gonçalves e Gilberto serão os seus concorrentes diretos por uma vaga na lateral direita, se bem que o primeiro tem passado por várias lesões e vai regressando esporadicamente.

Quanto a Diogo Gonçalves e Gilberto, estes sim serão a forte concorrência de Lázaro, mas julgo ser uma questão de tempo até que Lázaro assuma o favoritismo perante Jorge Jesus.

Valentino Lázaro é o lateral ideal, daqueles que estão no plantel, claro está, para jogar num sistema de três centrais. Sendo o lateral mais rápido e com mais qualidade técnica, calculo que Jorge Jesus pense exatamente desta forma e, por isso mesmo que Lázaro terá minutos neste SL Benfica.

O jogador austríaco de 25 anos fez a sua estreia nos Açores frente ao CD Santa Clara numa altura em que o jogo já estava mais do que resolvido. As águias venciam por cinco bolas a zero e, sem qualquer tipo de pressão para o jogador, Jorge Jesus lançou Lázaro na partida para jogar os vinte minutos finais.

Foi uma exibição sólida num jogo em que era complicado mostrar serviço. O Sport Lisboa e Benfica já vencia por larga vantagem e o jogo já estava decidido. Entrou, mas não a tempo de mexer com o jogo, contudo, foi a partida ideal para se estrear, sem qualquer tipo de pressão.

Desta feita já jogou também na Ucrânia, em jogo a contar para a primeira jornada da Liga dos Campeões, rendendo Gilberto que saiu aos 59 minutos numa tripla substituição.

Espera-se muito de Valentino Lázaro, espera-se que confirme o seu talento e que finalmente se afirme ao nível do potencial que já demonstrou noutros clubes.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome