Nos últimos anos, têm sido vários os talentos do futebol nacional a revelarem-se e a dar o salto para campeonatos de topo em tenra idade. No entanto, muitos destes jogadores têm tido dificuldades em afirmar-se. Em muitos casos, pode-se dizer que os jogadores dão o salto cedo demais, quando o ideal é permanecerem em Portugal por mais algum tempo.

No entanto, em muitos casos, são os próprios contextos dos clubes para onde vão que prejudicam seriamente a sua adaptação à nova realidade. Por isso, irei fazer um top 5 de jogadores portugueses que não se conseguiram afirmar nos clubes para onde foram vendidos, explicando os motivos que levaram a que a experiência de cada jogador a correr mal.