Dragão quer Chaves para fechar bem o ano | FC Porto x GD Chaves

    Primeira Liga, 15.ª jornada: sexta-feira, 29 de dezembro de 2023, 20h45.

    A ANTEVISÃO: ÚLTIMA OPORTUNIDADE PARA SORRIR EM 2023

    Apesar da vitória frente ao Leixões SC na derradeira jornada da Taça da Liga, o FC Porto entra para a última jornada da Primeira Liga em 2023 com um amargo de boca que dura desde a derrota em Alvalade.

    Depois de ter começado já a arrumar a casa, com a despromoção de David Carmo para a equipa B e o empréstimo de Gabriel Véron ao Cruzeiro EC, Sérgio Conceição quer terminar o ano com uma vitória e sonhar com deslizes do SL Benfica, que joga duas horas antes, e do Sporting CP, que visita o Algarve para jogar contra o Portimonense SC.

    Do lado flaviense, o ambiente também se encontra pesado e uma vitória em casa de um candidato ao título traria, certamente, uma esperança redobrada para os desejos de 2024.

    A equipa de Moreno é a última classificada da Liga, com 10 pontos, mas sabe que, em caso de vitória, pode ultrapassar o Rio Ave FC. Desta forma, os jogadores do GD Chaves vão entrar no Dragão com uma ambição redobrada e com vontade de assegurar os três pontos, frente a um Dragão que, possivelmente, ainda se encontra ferido.

    O árbitro da partida é Gustavo Correia, que ainda não apitou nenhum jogo com qualquer uma destas duas equipas nesta temporada.

    10 DADOS RÁPIDOS

    1. O GD Chaves sofreu sete golos nas duas últimas jornadas e apenas marcou um: 4-0 na visita ao Estoril e 1-3 com o Casa Pia AC;
    2. A última vitória flaviense data do primeiro dia de dezembro de 1988, quando o Chaves recebeu o FC Porto e venceu por 2-0;
    3. Os flavienses apenas têm uma vitória nos últimos sete jogos disputados (2-1 ao FC Vizela);
    4. Para além do último lugar na tabela, o Chaves também é a defesa mais batida, com 38 golos sofridos na liga;
    5. O único empate (1-1) no reduto portista entre estas duas equipas foi num jogo para a Taça da Liga, a 14 de setembro de 2018;
    6. Nesse empate, o marcador do golo flaviense foi Stephen Eustáquio, médio que agora representa os Dragões;
    7. Na lista de melhores marcadores nos jogos entre estas equipas, quem lidera é Tiquinho Soares, que marcou por nove vezes aos flavienses;
    8. O FC Porto vem de cinco vitórias consecutivas no seu reduto, o último desaire foi a derrota por 0-1 contra o GD Estoril Praia;
    9. Cinco é também o número de jogos do FC Porto a sofrer golos. A última clean sheet foi frente ao FC Famalicão (0-3);
    10. Os dragões vão num registo de 11 vitórias consecutivas sobre o Chaves em jogos a contar para o campeonato.

    JOGADORES A TER EM CONTA

    Alan Varela e João Félix no FC Porto vs Barcelona
    Fonte: Diogo Cardoso/Bola na Rede

    Alan VarelaA temporada “europeia” começou a meio gás, mas agora, no FC Porto, é quase “Varela mais 10”. O médio que veio cobrir a saída de Matheus Uribe para o Al-Sadd é cada vez mais visto como um substituto à altura do colombiano e é já o patrão do meio-campo de Conceição. Ainda à procura do primeiro golo com a camisola azul e branca, o argentino de 22 anos tem neste encontro a última oportunidade de 2023 para quebrar o enguiço.

    Florentino Luís e Héctor Hernández num jogo entre o Chaves e o Benfica
    Fonte: Diogo Cardoso/Bola na Rede

    Héctor Hernández – O espanhol soma a segunda temporada ao serviço do GD Chaves e já superou o registo de golos da temporada passada (sete), tendo até ao momento oito golos na temporada. O avançado de 28 anos, formado no Club Atlético de Madrid, pode ser um perigo à solta para uma defesa que não pode contar com Pepe, que está castigado.

    XI´s PROVÁVEIS

    FC Porto: Diogo Costa, Pepê, Fábio Cardoso, Zé Pedro e Wendell; Chico Conceição, Eustáquio, Alan Varela e Galeno; Evanilson e Mehdi Taremi.

    Treinador: Sérgio Conceição

    «Com 1-0 já ficaria feliz, a vitória é o mais importante. Obviamente que queremos associar algumas coisas que não temos feito e queremos fazer, mas isso não é por ser o Chaves, é algo que faz parte do nosso trabalho diário».

    GD Chaves: Rodrigo Moura, João Queirós, Steven Vitória e Bruno Rodrigues; Bruno Langa, Kelechi Nwakali, João Pedro e João Correia; Benny Sousa, Jô Batista e Héctor Hernández.

    Treinador: Moreno

    «O nosso momento difícil não nos pode tirar a coragem. Não há vergonha de recordar as quatro derrotas pesadas que temos fora, além da vitória em Arouca. Queremos deixar uma imagem diferente. Se pensarmos só em defender não vamos trazer nada do jogo do Dragão».

    PREVISÃO DE RESULTADO: FC Porto 3-1 GD Chaves

    - Advertisement -

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Vítor Miguel Gonçalves
    Vítor Miguel Gonçalveshttp://www.bolanarede.pt
    Para Vítor, os domingos da sua infância eram passados no velhinho Alvalade, com jogos das camadas jovens de manhã, modalidades na nave e futebol sénior ao final da tarde.