As 3 contratações do FC Porto que não foram verdadeiros reforços. a eles juntar outros atletas que vêm para ser reforços e não meras contratações de mercado
Fonte: FC Porto

Saravia – Uma das posições mais carenciadas do plantel portista é claramente o lugar de defesa-direito, que desde saída de Ricardo Pereira, atual futebolista do Leicester City FC, não tem tido um nome consensual, será agora com Tomás Esteves? Os dirigentes do clube, assim como a equipa técnica, também estão bem cientes do problema, por isso é que foram à Argentina recrutar o lateral direito do Racing CA, Renzo Saravia, que vinha com estatuto de titular absoluto tanto no clube, como na seleção. Por sua vez, nem tudo correu como o planeado e desde o primeiro momento que o atleta albiceleste mostrou não ser uma garantia para a equipa portuguesa e esteve sempre afastado das primeiras opções de Sérgio Conceição. Só aqui o FC Porto despendeu 5 milhões de euros numa aposta que foi claramente falhada e o facto disso é que passado 6 meses de dragão ao peito o futebolista já nem se encontra no grupo de trabalho da formação nortenha.