A formação do FC Porto tem estado em destaque esta época, com vários jogadores a serem chamados à equipa principal, os sub-19 apurados para a meia-final da Youth League e a equipa B a realizar, uma vez mais, uma Segunda Liga de grande qualidade, estando na luta pelo título.

Um dos talentos que se destacou foi Jorge Fernandes. O central de 20 anos esteve em grande plano na primeira metade da época ao serviço da equipa B portista, sendo um dos pilares da equipa orientada por António Folha. Realizou 19 jogos, sendo um titular indiscutível. O seu talento não passou despercebido a Sérgio Conceição que o chamou de forma regular aos trabalhos da equipa A, tendo mesmo feito a sua estreia no jogo da Taça de Portugal frente ao Lusitano GC.

Em janeiro foi emprestado ao CD Tondela de forma a ganhar ritmo e experiência de Primeira Liga. Rapidamente impôs a sua qualidade e é já um indiscutível da equipa de Pepa, formando uma excelente dupla de centrais com Ricardo Costa (uma referência da formação do FC Porto).

Jorge Fernandes é um valor seguro da formação do FC Porto
Fonte: FC Porto

Jorge Fernandes é um central com 1,93m de altura, com muita qualidade técnica, facilidade no passe curto e longo, grande sentido posicional e uma cultura tática acima da média, o que faz com que antecipe os lances com facilidade sendo a prova disso as poucas faltas que comete e, por consequência, os poucos cartões que lhe são exibidos. É um central que joga com a mesma facilidade quer pelo lado direto quer pelo lado esquerdo.

Anúncio Publicitário

O jovem central portista renovou no início desta época o contrato que o liga ao dragões até 2020. Conta já com 23 internacionalizações pelas seleções jovens de Portugal, sendo de destacar o último Mundial sub-20, no qual foi um titular da nossa seleção. Esta semana está ao serviço dos sub-21 portugueses.

O central é já um valor seguro do nosso futebol e não tardará a ganhar o seu espaço na equipa principal do FC Porto.

Foto de Capa: FC Porto

Comentários

Artigo anteriorOs 5 melhores momentos do Santo Patrício
Próximo artigoO fim-de-semana verde e branco
É um eterno apaixonado por desporto, tem no futebol a sua maior paixão. Desde muito jovem que se dedica ao estudo e à análise de todas as vertentes futebolísticas. Foi treinador no futebol de formação, e atualmente colabora na área do “scouting". Apaixonado pelo jornalismo desportivo, é adepto do FC Porto e no futebol internacional tem simpatia pelo Barcelona.                                                                                                                                                 O Luís escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.