Nunca acontecera tal coisa, mas a verdade é que, por razões maiores, como a pandemia do coronavírus, o FC Porto está em primeiro lugar durante a época dos santos populares. Razões para festejar? Ainda há muito jogo para se disputar, mas a verdade é que os dragões continuam na liderança, mesmo não tendo aproveitado todos os deslizes do segundo classificado, SL Benfica.

As duas últimas jornadas para a equipa portista tiveram uma dose de agridoce quanto baste para os adeptos. A partida frente ao FC Famalicão resultou na terceira derrota para a turma de Sérgio Conceição na edição 2019/2020 da Primeira Liga, pondo em causa o primeiro lugar assegurado até então. O SL Benfica jogava no dia seguinte e tinha nos pés a chance de regressar ao topo da classificação com uma vantagem de dois pontos. O empate caseiro dos encarnados impossibilitou esse salto e deu-se uma igualdade pontual, ainda que com o FC Porto na frente.

Na jornada 26 era essencial que os dragões voltassem às vitórias, já num período pós-eleições em que se confirmara a continuação de Jorge Nuno Pinto da Costa na presidência. O marcador não foi folgado e a exibição muito menos, mas valeram os três pontos que aumentaram a distância do segundo lugar para o primeiro – muito por culpa de um novo deslize do SL Benfica.

O SC Portimonense foi a perder para o intervalo, mas não desistiu e foi atrás do prejuízo conseguindo o empate frente ao SL Benfica. Sérgio Conceição, na conferência de imprensa pós-jogo, admitiu apenas saber do resultado entre alvinegros e encarnados no fim da partida do FC Porto, o que significa que esse fator não interferiu na motivação dos jogadores portistas.

Anúncio Publicitário

Os azuis e brancos seguem na frente com 63 pontos, sendo perseguidos pelo SL Benfica com 60 pontos.

Na próxima jornada o FC Porto desloca-se à Vila das Aves para defrontar o último classificado do campeonato. O CD Aves atravessa uma fase conturbada, uma vez que já não conhece o sabor da vitória há sete partidas. A manutenção é um sonho cada vez mais irreal para a equipa de Santo Tirso. Já o SL Benfica tem pela sua frente um adversário que pode provocar estragos – o Rio Ave FC ainda tem aspirações de ir à Liga Europa, estando apenas a cinco pontos do quinto classificado Sporting CP.

A marcha da Primeira Liga ainda tem muito por onde desfilar e a verdade é que o FC Porto vai na frente, mas muita coisa pode mudar até à 34.ª jornada. Certo é que tanto Santo António como São João deverão querer puxar a brasa à sua sardinha e o caneco, no fim, só vai para um. O carrossel vai parar no fim de julho e só aí é que se poderão lançar os foguetes.