ATAQUE

+ Brahimi: Novela de verão que virou estrela no inverno. Brahimi esteve com um pé fora do FC Porto mas ficou. Demorou 3 meses a entrar nas opções de Nuno. Na noite de Rui Pedro (vitória obtida aos 95′ frente ao Braga), no princípio de Dezembro, o argelino entrou para o lugar do lesionado Otávio e não mais saíu do onze. Terá sido, desde essa altura, porventura o melhor jogador do nosso futebol. Deu objetividade ao seu jogo sem nunca perder a criatividade e imaginação e mostrou que tem talento mais do que suficiente para almejar outros voos. Esperemos que seja possível segura-lo mais uma época.

Fonte: FC Porto
Fonte: FC Porto

– Depoitre: Não seria difícil adivinhar que o este lugar estaria reservado para o belga. Contratado por 6M€ e com o dorsal nº 9 este panzer não foi capaz de mostrar valias suficientes para ter sequer um papel secundário num clube grande. Muito trapalhão, foi sempre um peixe fora de água no FC Porto e perdeu o lugar na hierarquia para Rui Pedro (mais um jovem da formação). Salva-se um golo importante em casa frente ao Chaves que permitiu ao FC Porto empatar uma partida que acabaria por vencer por 2-1. A saída é o cenário mais óbvio e provável.

Foto de Capa: FC Porto

 

Anúncio Publicitário