fc porto cabeçalho

Jesús Corona é, na minha opinião, um dos maiores talentos que atua no futebol Português. O talentoso mexicano de 24 anos chegou ao FC Porto, na época passada, vindo do futebol holandês, mais concretamente do Twente, numa transferência a rondar os 10,5 milhões de euros.

Corona já realizou 71 jogos ao serviço do FC Porto, tendo apontado 14 golos e feito 10 assistências. São números que revelam a sua qualidade: um extremo que faz golos e que assiste com facilidade.

Na minha opinião, é, neste momento, o jogador mexicano mais talentoso, tendo já 26 internacionalizações e seis golos pela seleção principal do México. O ponto alto, ao serviço da seleção, foi a conquista da Gold Cup, em 2016.

Não conheço nenhum jogador do futebol mundial que consiga, como Corona, jogar com ambos os pés sem se notar qualquer diferença na qualidade da execução. É evidente que esta afirmação pode sempre ser rebatida, mas é uma característica que me impressiona em Corona.

Qual o seu pé mais forte? A resposta é: os dois.

Um tridente de Luxo Fonte: FC Porto
Um tridente de Luxo
Fonte: FC Porto

É um extremo rápido, que tem uma qualidade técnica muito acima da média, remata bem, tem facilidade no cruzamento, consegue fazer movimentos, quer interiores, quer exteriores, com a mesma facilidade, e depois tem essa enorme mais-valia que é jogar com a mesma qualidade com ambos os pés. Esta característica, para os defesas adversários, é um pesadelo.

Uma vertente que faltava no jogo de Corona era a qualidade e o compromisso no processo defensivo; mas, nesta época, com NES, esse trabalho tem sido feito e já se nota uma evolução nesse aspeto: um Corona mais agressivo e com uma noção coletiva muito mais apurada. O futebol não é só quando se tem bola e foi isso que NES trabalhou no mexicano, porque tudo o resto ele tem.

Quando NES junta Brahimi e Corona no mesmo onze a qualidade nas alas é de top mundial, já que poucos clubes, no futebol europeu, conseguem juntar dois extremos de tanta qualidade. Comigo jogavam sempre os dois!

Deixo algumas imagens que demonstram o enorme potencial deste pequeno, mas grande, mexicano.

 

 Foto de Capa: FC Porto

Artigo revisto por: Diana Martins

Comentários