futebol nacional cabeçalho

Futebol Nacional – O Momento do Ano:

CF ‘Os Belenenses’ apura-se para a Liga Europa – Foi o momento alto para os azuis do Restelo e para o futebol português. Com um plantel só com portugueses e com a maioria dos jogadores sem experiência europeia, o Belenenses fez 4 jogos até à fase de grupos da Liga Europa sofrendo apenas um golo e sem derrotas. Na fase de grupos, lutou até ao fim pelo apuramento quando poucos esperavam. (André Conde)

Futebol Nacional – A Desilusão:

Vitória SC/Armando Evangelista – Depois da saída de Rui Vitória, a aposta foi num homem da casa, conhecedor dos jovens valores da equipa vimaranense. Mas não podia ter sido pior. Eliminação e humilhação frente a um conjunto desconhecido da Áustria e más exibições no campeonato levaram ao seu despedimento. Percebe-se que o Vitória quisesse continuar a aposta na formação, mas havia muito treinador competente capaz de fazer isso. (André Conde)

Futebol Nacional – A Surpresa:

CD Tondela – O conjunto nortenho venceu a Segunda Liga pela primeira vez na sua história e alcançou assim a subida ao campeonato principal. Apesar de a estreia não estar a correr da melhor maneira, é de louvar a prestação na Segunda Liga, uma competição longa e dura, onde até ao último minuto tudo pode acontecer. (André Conde)

O CD Tondela foi a grande surpresa do ano Fonte: CD Tondela
O CD Tondela foi a grande surpresa do ano
Fonte: CD Tondela

Futebol Nacional – O Jogador do Ano:

Rafa (SC Braga)  – O jovem do Sporting de Braga já tinha evidenciado a sua qualidade na época de estreia ao serviço dos minhotos e este ano confirmou isso. Foi o destaque quando Sérgio Conceição era treinador, tem sido o motor do conjunto de Paulo Fonseca e, para terminar o ano, está na equipa da fase de grupos da Liga Europa. (André Conde)

Seleção Nacional:

Podemos dizer que o ano de 2015 foi um ano de confirmação para a Selecção Nacional. Confirmação de que o futuro é risonho. As nossas camadas jovens mostraram a Portugal e ao mundo que há valor na nossa formação. Tanto nos sub-20 como nos sub-21, a conquista do Mundial e Europeu, respectivamente, não foram alcançados, mas Portugal ganhou uma equipa para o futuro, com os jovens portugueses a mostrarem que merecem ser cada vez mais aposta. Já na selecção principal, a tranquilidade (palavra tão usada por Paulo Bento) reina desde que Fernando Santos chegou. Em jogos oficiais, Portugal só sabe vencer e o novo selecionador devolveu a esperança aos portugueses. (André Conde)

Futebol Feminino:

O destaque de 2015 vai, sem dúvida, para o Clube Futebol Benfica. Um ano de sonho para a equipa da capital portuguesa no qual se registam as conquistas do seu primeiro campeonato nacional e da taça de Portugal, para além de uma prestação muito positiva na Liga dos Campeões. A nível internacional, o abandono da modalidade por parte de Abby Wambach marca o final do ano. (Rita Latas)

Futebol de Formação:

O Futebol de Formação também passa por uma boa fase. A academia do Seixal foi premiada e alguns dos seus jovens valores vão se impondo na equipa principal do Benfica. As prestações europeias nos escalões jovens continuam a orgulhar os clubes e o país e nos campeonatos nacionais, cada grande ganhou num escalão (Juniores- Porto; Juvenis-Benfica; Iniciados- Sporting). Também é de saudar o crescimento de clubes como Sporting de Braga ou Rio Ave no futebol de formação. (André Conde)

Comentários