porta

Hoje é o Dia.

Chegou o dia em que, volvidos nove anos, o Sporting tem de novo reais hipóteses de vencer no reduto do eterno rival. Hoje é o dia para extirpar fantasmas antigos e finalmente voltar a escrever uma página condizente com a história do clube.

O jogo de hoje marca o regresso de Jorge Jesus a uma casa em que foi feliz e onde transformou um Benfica medíocre numa equipa respeitada e campeã. A vitória na Supertaça veio comprovar que a decisão de levar o treinador português para as Arábias foi um erro, um erro de gestão tão grave que ainda hoje querem fazer crer que foi Jesus a querer sair da Luz. Na cabeça de JJ nada mais passa pela cabeça senão a vitória, e creio que seria a melhor forma de vingar a injustiça feita e de calar os assobios com que milhares de benfiquistas o irão receber. Se Jesus merece mais esses apupos e insultos do que a própria direcção dos encarnados, essa é outra questão que merecia resposta, mas não hoje e não neste texto.

Contudo, apesar do desejo de vitória para “matar” uma sede de quase uma década, e da vontade de Jesus em querer provar o erro que foi a sua dispensa, creio que a vitória de hoje não é vital para as aspirações do Sporting no campeonato. Obviamente que não quero ver o Porto fugir na classificação e tornar-se líder isolado; mas neste momento a vitória é mais importante para a equipa para casa do que para os leões, e o Sporting até pode jogar com essa necessidade. Assim sendo, não quero ver o Sporting a jogar para o empate, mas não fico desiludido com esse resultado, será um mal menor e que deixará o Sporting em vantagem – ainda que momentânea – sobre o Benfica.

28 de Janeiro de 2006 - Está na altura de terminar com a seca. Fonte: vavel.com
28 de Janeiro de 2006 – Está na altura de terminar com a seca.
Fonte: vavel.com
Anúncio Publicitário

Falando sobre o jogo em si, apostaria na continuidade de Matheus do lado esquerdo do ataque leonino, até para aproveitar a falta de ritmo de Sílvio, mas talvez Jesus opte por lançar o “menino” mais tarde e começar o jogo com Ruiz, se o costa-riquenho conseguir recuperar. No ataque, daria mais uma hipótese à dupla Montero e Slimani, deixando Teo Gutiérrez como aposta a partir no banco. Fulcral será Esgaio fazer parte do onze inicial, uma vez que pouco resta a João Pereira da qualidade que teve no passado; ainda para mais num jogo frente ao Benfica e com tudo o que isso envolve para o internacional português.

Um último reparo, foram três semanas de troca de palavras, acusações, casos em tribunais, proibições de tarjas e atitudes ridículas de parte a parte. O perigo de todas estas atitudes transformarem o jogo de hoje numa zona de conflito é real e por isso o meu apelo é que todos se lembrem que irão estar milhares de crianças e famílias no estádio e até nas imediações do mesmo. Lembrem-se da forma como aprenderam a gostar e a amar o Futebol e não queiram criar traumas de infância em quem nada tem que ver com dirigentes bacocos.

Hoje é o Dia, Viva o Sporting.

Fonte da foto de capa: Sporting Clube de Portugal

Comentários