Os redatores da secção do Sporting CP juntaram-se e, através de poucas palavras, decidiram expressar qual é o sentimento em relação ao que se está a passar neste momento no clube. Eis o que têm a dizer sobre o actual momento dos leões:

O Sporting Clube de Portugal é um grande clube da Europa, mas não o pareceu nas últimas 48 horas e a culpa é vossa. Sim, do presidente aos jogadores, passando pela equipa técnica. Desde a derrota com erros infantis até às barbaridades que fizeram nas redes sociais. Não bastava andarem com brigas infantis, ainda tiveram de o fazer à vista de toda a gente.

Nós, os adeptos, somos a força principal do clube, sentimos o clube como talvez nenhum de vocês sinta. Tenham vergonha de toda a porcaria que fizeram nestes dias mais recentes e trabalhem o melhor que podem. Presidente, larga de uma vez as redes sociais e começa a trabalhar exclusivamente “para dentro”, que é o que fazes melhor. Quanto aos jogadores e equipa técnica, tratem de ganhar todos os jogos que faltam e pensar mil vezes antes de voltarem a menosprezar o enorme símbolo que levam ao peito.

Diogo Oliveira, Editor da secção do Sporting CP

Anúncio Publicitário
É aqui que os jogadores devem mostrar a sua união e vontade de vencer
Fonte: Sporting Clube de Portugal

É inacreditável como é que Bruno de Carvalho tem o condão de desestabilizar o que está estabilizado, de mexer no que está quieto. Parece um menino mimado a quem a mãe diz no supermercado “está quieto!” mas o menino, apenas porque é mimado e não gosta de ser contrariado, continua a mexer e a bulir em tudo o que vê para comprar. Os períodos em que BdC falou – no Facebook, imagine-se! – tiveram o condão de deixar as coisas ainda piores do que já estavam o que mostra que talvez se deva perguntar, com toda a justiça a Bruno de Carvalho, “Por que no te calas?!”

Simão Mata, redator do Sporting CP

Bruno de Carvalho deixa-me dividido. Por um lado concordo com a sua opinião em relação à prestação da equipa, mas por outro censuro a forma como o mostrou: redes sociais?! Não me parece o mais correto. Por tudo isso, compreendo a reação do plantel, resposta na mesma “moeda”. Mas lá está, poderiam ter sido mais “homenzinhos” que Bruno de Carvalho e tinham reunido com ele para mostrarem o seu desagrado.
Como disse e bem o mister “o que se passou na reunião fica entre nós”, é isto que tem de acontecer em tudo, basta de polémicas que nos prejudicam, já temos “ajuda” suficiente para isso vinda do exterior.
Portanto, todos estiveram mal. Nós adeptos exigimos mais respeito pelo nosso grande amor.
Bruno de Carvalho, larga o Facebook. Jogadores, joguem à bola.
Este domingo, todos a Alvalade. Somos Sporting!

Ricardo Vaz, redator do Sporting CP

O problema já não é novo. O sangue quente, um pulso elétrico e a senha do wifi no telemóvel do Bruno de Carvalho já perturbaram mais a equipa leonina do que os nossos rivais com os seus cartilheiros anti-informativos e desonestos. A sede de comunicados com o cérebro desoxigenado com a raiva é um problema de controlo que tem que ser imediatamente corrigido. Aliado a isso, existe uma fome insaciável incendiária da comunicação social sempre à procura de motivos para sujar o bom nome do nosso Clube. Bruno de Carvalho tem potencial, tem mentalidade vencedora e já provou mais que uma vez que sabe trabalhar com rigor em prol do Sporting Clube de Portugal nos bastidores do mundo do futebol. Sr. Presidente, recomponha a sua cabeça, controle a sua veia e o seu temperamento e arranque um campeonato de uma vez. Quanto à equipa, é preciso dar resposta em campo no Domingo frente ao Paços de Ferreira. Façam o vosso trabalho e sintam o símbolo do histórico Leão português.

José Miguel Dias, redator do Sporting CP