Esta é uma análise racional e não emocional do momento da época do Sporting, e desde já peço desculpa aos Sportinguistas por não falar com o coração e falar só com o cérebro. Posto isto, reitero que quero que o Sporting ganhe todo e qualquer jogo, em qualquer modalidade.

Este é o momento de viragem da época do Sporting. Aqueles jogos que o Sporting, teoricamente, iria perder, já passaram: Real Madrid e Borussia Dortmund (e em nenhum dos jogos fomos inferiores). A partir de agora, não nos podemos desculpar com faltas de descanso, nem de cabeça noutras competições, nem dos jogadores estarem preocupados em mostrarem-se na montra europeia.

Este é o momento em que não se pode falhar, seja uma Equipa A, B ou C. Não há desculpas para perder pontos ou eliminatórias, agora é para ganhar sempre e em qualquer campo. E o cansaço de muitas competições não pode ser desculpa para os jogadores do Sporting Clube de Portugal; o Campeonato, a Taça de Portugal e a Taça da Liga são para ganhar, sem desculpas, sem medos, sem faltas de vontade. Quando todos desejavam que o nosso Sporting fosse cilindrado pelos “tubarões europeus”, nós deixámos a sensação de que deveríamos ir mais longe. O “jogámos como nunca, perdemos como sempre”, frente a estas equipas estrangeiras tem de acabar, mas esta época, na Liga dos Campeões já não dá. Venha a Liga Europa, onde temos de mostrar a nossa vontade.

Elias, tem sido um "patinho feio" em Alvalade, mas tem que ter mais vontade, garra e querer! Fonte: Globoesporte.com
Elias, tem sido um “patinho feio” em Alvalade, mas tem que ter mais vontade, garra e querer!
Fonte: Globoesporte.com

Temos de ter jogos de inteligência e vontade, e o jogo com o Boavista foi a prova disso. Temos de ser inteligentes no jogo, saber quando devemos pressionar e quando devemos guardar a bola, quando devemos acelerar a partida e quando devemos abrandá-la. Mas isso, sem vontade, não chega. Quero que o Elias tenha mais vontade de correr, quero que o Matheus tenha mais vontade de ser titular, quero que o Gelson tenha vontade de renovar, quero que o Beto queira mostrar-se nos jogos das Taças, quero que o Paulo Oliveira mostre que é um Central de Selecção, quero que o André ouça Jesus e se torne um “mini-Liedson”, quero que o “Mini-Messi” brilhe em Setúbal e faça o mesmo percurso que João Mário e Rúben Semedo, quero que o Markovic volte a mostrar atributos que já teve em Portugal, e que todos os outros jogadores queiram ser mais e melhores.

Sporting, está na hora da “Inteligência e Vontade!”

Anúncio Publicitário

Foto de capa: Sporting Clube de Portugal