O 11 leonino mais caro de sempre

    6.

    Fonte: ESPN

    Elias – Numa das maiores novelas entre um atleta e o Sporting CP, Elias contou com três passagens pelo clube de Alvalade. A primeira, e aquela que realmente conta para o nosso onze, foi a transferência proveniente do Atlético Madrid, na qual a direção leonina abriu os cordões à bolsa e comprou o passe do brasileiro por um valor muito perto dos nove milhões de euros. Devido à instabilidade vivida no clube, o internacional brasileiro saiu para o futebol brasileiro, alegadamente por salários em atraso, tendo deixado o Sporting CP por empréstimo.

    Mais tarde, já com Bruno de Carvalho na presidência, Elias voltou a Alvalade e foi integrado na equipa B, tendo, posteriormente, saído em definitivo. Porém, em 2016, os destinos dos intervenientes voltaram a encontrar-se. O regresso do médio a Alvalade foi influenciado por Jorge Jesus, que o tinha tentado contratar quando treinava o SL Benfica. Elias não viria (mais uma vez) a ser feliz de verde e branco, e, após 16 jogos, voltou a deixar o Sporting CP, naquela que, espero eu e todos os sportinguistas, terá sido a sua última passagem de sempre por cá.

    - Advertisement -

    Subscreve!

    PUB

    spot_img

    Artigos Populares

    Antony assume plano para o futuro

    Antony quer continuar a representar o Manchester United. O...

    Já há data para a chegada de Sebastián Coates ao Nacional de Montevideu

    Sebastián Coates já foi confirmado como reforço do Nacional...

    Benfica vence Almería com direito a reviravolta

    O Benfica bateu o Almería por três bolas a...
    Miguel Gato
    Miguel Gatohttp://www.bolanarede.pt
    Há muitos anos que o Miguel tem contacto com o futebol. Desde tenra idade habituado ao nervoso miudinho causado pelo desporto rei, Alvalade acabou por se tornar o palco principal do teatro dos seus sonhos. Jovem aspirante a jornalista e apaixonado pela área da comunicação, escolheu a ESCS para tirar a sua licenciatura. Agora, pretende ganhar asas e rumar até novos palcos.                                                                                                                                                 O Miguel escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.